top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Ex-Masterchef Eduardo Richard aposta em conceito “to go” e gastronomia descomplicada em Curitiba

Relançamento do gastrobar favorece consumo na rua; formato descontraído combina com a chegada da primavera e, principalmente, com o estilo contemporâneo da casa



A primavera é recebida com um novo conceito no Lemí, um dos grandes destaques da gastronomia curitibana nos últimos anos. O gastrobar, comandado pelo chef Eduardo Richard, passa a valorizar sua área externa, celebrando o calor que chegou mais cedo com as mesas na calçada e no primeiro andar da casa, em especial o balcão. Os ambientes combinam com o consumo descontraído, que sempre foi o foco da casa e agora ganhará uma pegada “to go”, aliando uma cozinha bem elaborada e saborosa com apresentações práticas.

 

Inspirado no incrível poeta Paulo Leminski, o gastrobar traz a poesia para a decoração e o cardápio. Fundado em 2019 pelo casal Eduardo Richard e Raphaela Fonseca, o Lemí mescla influências dos izakayas japoneses com os bares de tapas da Espanha. A casa foi a primeira empreitada do chef Eduardo Richard, que ganhou destaque nacional ao participar da sexta temporada do MasterChef, em 2019. A boa gastronomia com um serviço descontraído fez com que o empreendimento logo se destacasse na cidade. O balcão, de frente para a cozinha, é concorrido, e com o aumento da temperatura, as mesas de fora também se tornam mais atrativas. O bar ainda tem mesas internas e dois andares.



“Comer e beber não exigem formalidades”, comenta o chef Eduardo Richard, que comanda a gastronomia do Lemí e acompanha a disputa dos clientes pelo balcão. O espaço concorrido aproxima o cliente dos pratos, pensados para atender tanto individualmente quanto para serem compartilhados. Clássicos como a Tábua de Jamón, presunto cru espanhol, dividem espaço com criações como a Croqueta de mortadela com pistache finalizada com toque de stracciatella.

 

Da tradição dos izakayas, o menu tem, por exemplo, o Katsu Sando. O sanduíche leva barriga de porco cozida por sete horas e empanada, combinada a maionese e molho tonkatsu (agridoce) no pão de leite. Outra pedida é o Taco de Polvo, com tortilla de trigo chapeada recheada com polvo cozido e grelhado no azeite de oliva, vinagrete de kimchi e sour cream. Pedidas veganas, como a Berinjela assada laqueada com demi glace vegano, coberta com farofinha de zaatar com castanha de caju e apresentada com pão de fermentação natural, completam as pedidas.



A carta de drinks é pensada para harmonizar com os pratos e o clima descontraído. Além de clássicos, há criações originais, como a homenagem a um poema de Leminski no drink Perhappiness: amoras maceradas com rum, xarope de açúcar, limão siciliano, albumina e carvão ativado. Uma caipirinha com a cara da casa, a Lemirinha tem cachaça branca com limão siciliano, xarope de gengibre e bitter de laranja. Cervejas e vinhos também estão entre as pedidas, com destaque ao Open Wine nas terças-feiras.



“Queremos trazer para Curitiba algo que é muito comum na Europa, por exemplo: a possibilidade de você saborear preparos de muita qualidade em um ambiente despojado, sem limitações e frescura. O Lemí quer atingir curitibanos que apreciem uma culinária moderna e despretensiosa, seja logo após um dia cansativo de trabalho ou em um date com aquela pessoa especial. Ou seja, comida e bebidas de excelência em um ambiente acessível para todos”, completa o chef Eduardo.

 

O Lemí Bar fica na Al. Augusto Stelfeld (nº 811), no Centro de Curitiba. A casa abre de terça a quinta-feira, das 18h30 às 23h30, e nas sextas e sábados, das 18h30 à meia-noite. Reservas e informações no Instagram: @lemi.cwb.




Fotos: divulgação

Comments


bottom of page