• Viviane Campos

Diretamente de São Paulo, desembarca na Capital Federal, gelateria pioneira em sabores inusitados

Atualizado: Jun 27


Inaugurada no auge da pandemia, a Gelatte di Gàbi chegou em novembro de 2020, em Brasília. Com uma proposta totalmente autoral com o objetivo de elaborar gelatos que surpreendam o paladar com sabores verdadeiros



Os moradores de Brasília, que apreciam um legítimo gelato, agora podem comemorar a chegada de uma grande novidade: a Gelatte di Gàbi. Oriunda da capital de São Paulo, a gelateria nasceu em 2013 com a ideia de fazer um gelato tipicamente italiano adaptado ao clima do Brasil. Mas até chegar à Capital Federal, a casa passou por um processo de crescimento e amadurecimento.


Quando tudo começou


Tudo começou em outubro de 2013, quando a empresa abriu as portas e teve a presença forte e atuante de Jany Fernandes, na época atuava como atendente, e que ao se interessar em aprender o processo da fabricação do sorvete, passou a gerenciar a empresa. A Gelatte di Gàbi ganhou o gosto popular dos moradores de São Paulo, principalmente de Bruno Fares, que passou a ser frequentador assíduo da loja. Em 2017, a paixão pelo sorvete de Bruno aliado à técnica da elaboração do insumo de Jane fez surgir uma nova possibilidade para a empresa: a unidade estava prestes a fechar as portas e encontrou um novo caminho para continuar encantando os fãs amantes de gelato. Com isso, os dois resolveram se unir e nasceu a sociedade mantendo a empresa em plena operação em solo paulista.


Nesse processo, a empresa cresceu em São Paulo, mas com a chegada da pandemia, tirou do papel um plano audacioso. Visionário, Fares ao estudar o mercado, constatou que trazer a gelateria para a Capital Federal era estratégia acertada para a continuidade da empresa. Por isso, no meio da pandemia, em novembro de 2020, os empresários resolveram aterrissar no Planalto Central.



Gelatte di Gàbi: mais do que artesanal, autora das próprias receitas


A empresa nasceu com a ideia de trazer um gelato tipicamente italiano, mas adaptado ao clima brasileiro. A gelateria, totalmente artesanal, produz sua matéria-prima no próprio laboratório. “A base do gelato é feita na própria empresa e as frutas compradas diretamente na Ceasa. Optamos em fazer o processo do zero. Mais do que artesanal, somos autores das nossas próprias receita”, explica um dos proprietários, Bruno Fares.




Uma característica importante é que o sabor da matéria prima é predominante. 80% do sorvete de melancia, por exemplo, é a própria fruta. Como objetivo principal, a empresa preserva o sabor real do gelato, seja fruta ou outro ingrediente que compõe a receita. Além disso, todos os gelatos de frutas são zero lactose, pois são feitos é feito da própria fruta e à base de água, podendo assim, ser denominado como sorbet, mas sem perder a cremosidade. O compromisso da entrega dos sabores é um dos valores da Gelatte di Gàbi.



O cardápio da casa é diversificado e além dos 250 sabores, a gelateria criou o Cookão (R$52,00), um cookies gigante com 290 gramas de massa de baunilha e 60 gramas com pura alegria de nutella. A iguaria, acompanhada de quatro bolas de gelato no sabor que o cliente escolher e de uma porção generosa de chantilly, pode servir até quatro pessoas e é uma opção diferenciada de sobremesa.



Com o viés totalmente inovador, a casa criou o sabor “Tristão e Isolda”, uma versão moderna ao tradicional Romeu e Julieta. Saindo dos padrões convencionais, foi feita a junção de gelato de catupiry e calda de amarena, uma espécie de cereja silvestre. Não menos importante, a gelateria criou o sabor que caiu no paladar do brasiliense: camarelo com cookies.


A Gelatte di Gàbi também oferece a possibilidade criar gelatos de qualquer fruta que o cliente imaginar, por ser uma empresa autoral que desenvolve todas as receitas. Entre os sabores inusitados, destacam-se os de caipirinha, Jack Daniels Honey, Jack Daniels com Bacon e o próprio gelato de bacon.


No cardápio também tem versões sem lactose, sem açúcar e sem os dois ingredientes, que é o caso do sabor “zeríssimo”,um gelato de cacau 100%, à base de água e adoçado com stevia.


A casa está aberta de terça a domingo, das 12h às 20h, e está presente no Ifood e para take-out.

Crédito da foto: Richard Cheles


Endereço: EQN 110/111, Bloco A, Loja 6, Térreo – Plaza Norte Shopping -Asa Norte

Whatsapp: (61) 98611-8543

Instagram: @gelattedigabi


Dias e Horários de Funcionamento: De terça a domingo, das 12h às 20h (presencial e sistema takeout)

Entregas: Aplicativo Ifood

A gelateria recebe os cartões das principais bandeiras, nas versões crédito e débito, dinheiro e PIX.


GA Comunicação Integrads

Greice Alve6868