top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

XII concurso de espumante brasileiro começa hoje.


Júri formado por 45 especialistas participam das degustações que seguem normas internacionais e acontecem no Hotel Dall’Onder Ski, em Garibaldi


Enólogos, sommeliers e jornalistas especializados terão a missão de degustar e avaliar às cegas os 424 espumantes inscritos por 93 vinícolas brasileiras na maior edição da história do Concurso do Espumante Brasileiro. São espumantes de Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, além do Distrito Federal. O concurso será realizado de 13 a 15 de outubro na Capital do Espumante Brasileiro, em Garibaldi (RS), numa realização da Associação Brasileira de Enologia.

Numa adesão histórica, o presidente da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo André Gasperin, destaca que o concurso é maior janela do espumante brasileiro, promovendo a bebida no Brasil e no exterior. Ao realizar este concurso, nosso maior objetivo é justamente o de promover e divulgar o espumante brasileiro. A cada edição, atraímos mais vinícolas e mais amostras, mostrando ao mundo nossa qualidade e diversidade”, comemora.

Em duas manhãs, o júri terá a missão de degustar às cegas espumantes de sete estados brasileiros. Os 45 jurados serão divididos em cinco grupos diários. Cada grupo será presidido por um enólogo, sendo eles: Bruna Cristófoli, Edegar Scortegagna, Gilberto Pedrucci, Gilberto Simonaggio, Marcos Gabbardo e Ricardo Morari. O resultado será anunciado na noite de sexta-feira, 15 de outubro, no Trattoria Mamma Gema, no Vale dos Vinhedos. Na oportunidade, também será feita a entrega da premiação.

O concurso avalia espumantes naturais, provenientes de uvas vitis viníferas, obtidos a partir dos diferentes métodos, que estejam sendo comercializados normalmente pelas empresas nas categorias: espumantes de segunda fermentação (Charmat e Tradicional) e espumantes de primeira fermentação (Moscatéis). Serão premiados os espumantes melhores classificados por categoria, respeitando o limite de 30% dos inscritos conforme normas internacionais.


JÚRI

  1. Adalberto Bortolini

Degustador

  1. Alejandro Cardozo

Degustador

  1. Alexandra Aranovich

Degustador

  1. Andre Donatti

Degustador

  1. Andreia Debon

Degustador

  1. Artur Tremper Farias

Degustador

  1. Bruna Cristófoli

Presidente de Júri

  1. Carlos Abazúa

Degustador

  1. Carlos Zanus

Degustador

  1. Cedenir Fortunatti

Degustador

  1. Cláudia A. Stefenon

Degustador

  1. Daniel Dalla Valle

Degustador

  1. Dirceu Scottá

Degustador

  1. Edegar Scortegagna

Presidente de Júri

  1. Emerson Haas

Degustador

  1. Fabiano Demoliner

Degustador

  1. Fábio Greghy

Degustador

  1. Flavio Zílio

Degustador

  1. Gilberto Pedrucci

Presidente de Júri

  1. Gilberto Simonaggio

Presidente de Júri

  1. Irineo Dall’Agnol

Degustador

  1. João Valduga

Degustador

  1. Jorge Cattani

Degustador

  1. Juciane Casagrande Doro

Degustador

  1. Júlio César Kunz

Degustador

  1. Leandro Santini

Degustador

  1. Luciana T. Marques

Degustador

  1. Luiz Milani

Degustador

  1. Magnos Basso

Degustador

  1. Maicol Zanella

Degustador

  1. Marcel Miwa

Degustador

  1. Marco A. Salton

Degustador

  1. Marcos Gabbardo

Presidente de Júri

  1. Marcos Vian

Degustador

  1. Maria Amélia Flores

Degustador

  1. Nara Caviquioli

Degustador

  1. Nelson Rotta Randon

Degustador

  1. Ricardo Morari

Presidente de Júri

  1. Rodrigo Ferraz

Degustador

  1. Samuel Cervi

Degustador

  1. Séfora Kniphoff

Degustador

  1. Sérgio Chesini

Degustador

  1. Silvia Mascella Rosa

Degustador

  1. Vanderlei Gazzi

Degustador

  1. William Vaccaro

Degustador



Foto: divulgação

Comentarios


bottom of page