top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Vinícola Vignarosa: Desembarca no Brasil uma das mais premiadas produtoras de Prosecco

Trabalhar com o que se ama deixa tudo mais fácil. E essa frase simples, ganha todo significado quando se refere a Vignarosa, vinícola italiana que tem sob comando no Brasil Luciana Secches, última neta brasileira do clã italiano que, com maestria, tem mais de dois séculos de história na produção do verdadeiro Prosecco de Denominação de Origem Controlada (DOC). Selo de garantia regional de produção, determinada pela Unesco em 2019, como forma de garantir a procedência do verdadeiro Prosecco.


No Brasil, a Vignarosa foi lançada no final do ano passado, fruto do sonho da empresária de continuar com o legado familiar. “A coragem da minha avó Maria Madalena e do meu avô Antônio, que deixaram a Itália para formar sua família no Brasil, torna-se presente com a mesma intensidade e força em mim. Eu e meu marido, junto aos nossos filhos, retomamos esta história. Como empreendedora tomei a decisão de trazer a Vignarosa para que os brasileiros conheçam os sabores frescos dos vinhos, espumantes e do prosecco da minha família. Assim, honrarei a dedicação dos meus antepassados e unindo as duas histórias”, diz Luciana Secches - CEO da Vignarosa.


No portfólio da importadora de mesmo nome, além dos Proseccos Extra Dry “40”; Extra Dry “Park”; Dry “Park”; Brut “Park”; Brut “Amorino”, a empresa importa tintos da uva Cabernet Franc e Refosco, todos produzidos pela vinícola familiar.


História e terroir


A vinícola leva o nome de Vignarosa em alusão à grande casa rosada da fazenda que abrigava a família e de onde os vinhos são produzidos, seguindo à risca todo o processo de produção do legítimo Prosecco, ou seja, as uvas empregadas pela Vignarosa são 100% Glera (autêntica da região) e conhecida pelas suas videiras robustas com cachos de cor amarela-dourada e de ótima acidez.


Tendo o mar Adriático e a cadeia de montanhas dos Alpes, os vinhos carregam todo o frescor e aromas do terroir, garantindo proseccos com perlage de bolhas finas, constantes e resistentes. Ideal para todos os momentos e principalmente para o clima brasileiro.


Produtos:


Prosecco D.O.C. Treviso Park Extra Dry.

Preço sob consulta. Talvez a melhor expressão do Prosecco em que os resíduos de açucares exaltam a preparação com notas frutadas e a fina efervescência, perfeito para qualquer ocasião. Ótimo com frutos do mar, massas e carnes leves


Prosecco D.O.C. Treviso Park Dry.

Preço sob consulta. Feito exclusivamente com uvas gleras no método Charmat tem corpo fino e leve. Perfeito para acompanhar sobremesas.


Prosecco D.O.C. Treviso Park Brut.

Preço sob consulta. Um clássico espumante com efervescência agitada e minuciosa com toque frutado. Aroma agradável de maça e Pêra e flores silvestres. Ótimo para acompanhar petiscos e frutos do mar.


Espumante Rosato Amorino.

Preço sob consulta. Este vinho da cor rosa intensa produzido com uvas vermelhas das colinas de Treviso, tem paladar seco e toques de morango, perfeito para acompanhar refeições especialmente crustáceos e peixes de água doce, bem como galinha e coelho. Servir gelado.


Prosecco D.O.C. Treviso Extra Dry“40”.

Preço sob consulta. De uma profunda evolução interior e paixão dos enólogos, este Prosecco de 40 anos de espera é um néctar dos deuses. Harmoniza com queijos, massas e carnes brancas.


Vinho Tinto Cabernet Franc.

Preço sob consulta. De cor vermelho intenso tem buquê de flores, leve aroma de pimenta e pimentão com toque herbáceo. Ótima dica para acompanhar carnes de caça e molhos mais encorpados.


Vinho Tinto Refosco.

Preço sob consulta. Elegante e de cor vibrante, este tinto é aveludado na boca com notas de cereja preta e framboesa. Perfeito para carnes, queijos curados, arroz e molhos vermelhos.Os vinhos, espumantes e proseccos Vignarosa podem ser encontrados nos principais pontos de venda do país ou no


Vignarosa


Foto: divulgação

Bình luận


bottom of page