top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Tradições maranhenses são celebradas em festival de música gratuito, na Casa do Maranhão

Festival gratuito reúne atrações musicais consagradas do Distrito Federal, com repertório que homenageia a música maranhense


 


Com um festival que promete receber artistas que agitam a cena cultural do Distrito Federal, a Casa do Maranhão, com apoio da Associação dos Músicos e Artistas Populares do DF e Entorno ASMAP/DF-E lançam o festival “Atividades Culturais da Casa do Maranhão”. Nos dias 11, 12 e 15 de outubro, o evento tem por objetivo homenagear a cultura maranhense no Distrito Federal, além de ressaltar o trabalho dos músicos e a diversidade cultural existente na capital. O festival musical conta com o fomento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec).



Com programação intensa e para todos os gostos musicais, a festa, além de reconhecer a cultura maranhense como parte da história do Distrito Federal, o evento traz nomes conhecidos dos bailes, bares e festas da capital, com representantes do forró, piseiro, sertanejo e axé, abraçando trabalhos de sonoridades distintas, acessíveis e de diferentes gerações. O festival contará com shows dos artistas/bandas com notoriedade no DF que fazem parte da retomada das Atividades Culturais da Casa do Maranhão, tendo como proposta inovadora artistas que incluirão em seu repertório algumas canções de artistas do Maranhão como Tribo de Jah, Zeca Baleiro, Adelino Nascimento e Alcione entre outros.



Totalmente gratuita e democrática, a festa terá uma boa estrutura de som e iluminação e muitas surpresas durante as apresentações. Com direito às referências, símbolos e cores do estado nordestino, o evento promete emocionar o público, em um dos espaços mais tradicionais para a cultura brasiliense. O Festival Cultural, para além de uma grande ferramenta de inclusão social, cumpre as diretrizes das políticas públicas para o setor, promovendo a diversidade e difusão cultural entre os artistas e áreas técnicas envolvidas.



A Presidente da Casa do Maranhão do DF, Gilza Souza, relata que o evento simboliza, de certa forma, a resistência e influência que a cultura maranhense exerce para a população do Distrito Federal. “Iremos mostrar a nossa contribuição, com músicas, danças e tradições que transformam o nosso DF em um caldeirão cultural de ritmos e manifestações”, destaca a presidente da Casa.





O festival conta com um dos maiores nomes na cena cultural do Distrito Federal, Cacá Silva. O músico, agitador cultural e formador de opinião da cidade será o mestre de cerimônia do evento e se diz honrado em participar de um espetáculo grandioso como este. “A Prata da Casa do DF não irá executar músicas regionais do Maranhão fortemente marcada pela influência das culturas Indígena, Africana e Portuguesa, pois a riqueza rítmica regional deve ser executada com excelência e neste caso, a responsabilidade será do grupo “Cacuriá Filha Herdeira” com sede no DF.”, destaca o Mestre de Cerimônias do festival.



Cacá ainda adianta que o Folclore do Maranhão tem espaço garantido na programação, com a participação do “Boi do Seu Teodoro” e da quadrilha “Eta Lasqueira”, que encerrarão esta primeira etapa de apresentações culturais em 15 de outubro. Silva conta que o som mecânico ficará por conta do talentoso DJ Dux, executando durante os intervalos das apresentações um mix dos sotaques e variações de ritmos que sintetizam a música Maranhense.



“É importante citar que o reggae, forró eletrônico e o piseiro fazem parte dos hits radiofônicos tocados no Maranhão, então o intercâmbio entre o que é ouvido no DF e no Maranhão será absorvido facilmente pelo público presente”, arremata o apresentador.



MÚSICA POPULAR BRASILIENSE, COM ESSÊNCIA MARANHENSE



O público poderá cantar e dançar junto ao som de diversos ritmos de artistas como: Dj Dux, Trem das Cores, Roni e Ricardo, Wilian e Marlon, Alex Júnior, Banda Imagem, Só Pra Xamegar, Encosta N’eu, Menino Ricco, Nego Rainner, Cacuriá Filha Herdeira, Boi do Seu Teodoro, Quadrilha Junina Êta Lasquera, Júnior Ferreira e Collo de Mainha.

Serviço: Atividades Culturais na Casa do Maranhão

Quando: 11, 12 e 15 de outubro 

Onde: Casa do Maranhão - SGAS I SGAS 914.

Ingresso: ENTRADA FRANCA.

Instagram: @atividadescasadomaranhao

Comments


bottom of page