• Viviane Campos

TAPTAP INAUGURA NOVA CASA EM SÃO PAULO EM PERDIZES E INVESTE NA EXPANSÃO DA MARCA



Referência no mercado de cervejas artesanais, o TapTap inaugura seu segundo endereço em São Paulo para a alegria dos amantes de uma boa gelada. O bairro escolhido foi Perdizes, que ainda não tinha um bar dedicado às cervejas artesanais brasileiras. “Conseguimos ser reconhecidos no centro e buscamos criar em Perdizes essa mesma condição, atraindo quem mora no bairro e consegue vir andando ou de bicicleta, além de quem visita o Parque da Água Branca, que fica literalmente na frente do TapTap” comenta Carlos Lima, sócio da marca.

O ambiente preserva as mesmas características e conceito da marca: o seu projeto de torneiras exclusivas; um sistema de chope de qualidade para preservar o produto e arquitetura que valoriza a experiência do cliente com a cerveja, sem distrações. São 16 torneiras disponíveis e uma carta com aproximadamente 50 opções de latas ou garrafas. Para a inauguração, os sócios estão preparando algumas cervejas colaborativas exclusivas.

A ideia inicial era ter inaugurado a nova casa em 2020, mas a pandemia acabou adiando os planos. O TapTap realmente se diferencia pelo cardápio de chopes artesanais, fazendo um mix assertivo de boas e ótimas opções com algumas exclusividades. Com isso atrai uma vasta gama de público: de quem está acostumado a beber no boteco ao beergeek. Além disso, os sócios criaram um modelo de gestão que se mostrou sólido nesses quase 4 anos de operação, o que dá segurança para replicar.

O objetivo é expandir tanto com endereços próprios quanto pelo sistema de franquias, fortalecendo ainda mais a marca e criando oportunidade para oferecer produtos próprios. O mercado de cervejas está aquecido, teve um crescimento de 14,4 % em 2020 e o número de cervejarias passou para 1300. “Esperamos fechar 2021 com faturamento de 1.5 milhões nas duas casas, considerando a estabilidade da pandemia e a diminuição das restrições da quarentena. Nossa expectativa é chegar ao final de 2022 com mais 5 franqueados e faturamento total de 4 milhões.” completa Carlos. A casa do centro teve o retorno do investimento em um ano, para as franquias a expectativa de retorno em um cenário realista e saudável é de 22 meses.

A pandemia trouxe uma série de desafios que se tornaram um aprendizado para todos no mercado de bares e restaurantes. Houve uma demanda imensa pelo delivery, porém para estabelecimentos como o TapTap - que aproveitam muito bem o público que está na rua - o impacto dessa mudança não tende a ser grande no longo prazo, por conta do perfil dos brasileiros que tem quase que uma necessidade de sair e se socializar fora de casa. Por algumas semanas o bar só teve vendas online e delivery. Hoje elas já representam 15% do faturamento. “Somos ‘elásticos’, adaptáveis e vamos voltar à nossa forma original em algum tempo. Conquistamos novos clientes e aproveitamos para fortalecer muito a base dos recorrentes.” explica Lima.

Para o consumidor, a marca promete manter o foco em 3 áreas em que são únicos:

  • Cerveja: curadoria cuidadosa dos rótulos oferecidos e sempre renovada;

  • Equipe: pessoas que se sentem bem atendendo os clientes e que acreditam nos diferenciais do Tap Tap, aumentando a confiança do público no produto que oferece;

  • Objetivo: compartilhar com as mais diversas pessoas, de diferentes níveis de interesse e entendimento no assunto, o vasto universo das cervejas artesanais. Fazer isto com excelência profissional, afeto e entusiasmo.

Serviço:

Rua Turiassu, 625


Foto: divulgação