top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Resultados da Feira Internacional do setor de frutas, flores, legumes e verduras

 The Brazil Conference & Expo, feira internacional da indústria de frutas, flores, legumes e verduras realizada pela IFPA no Brasil e organizada pela Francal Feiras, foi considerada um sucesso com mais de 2.500 profissionais que visitaram e fizeram negócios com 120 marcas.


“Foram dois dias de muita conexão, negócios, informação e integração do setor. Vai demorar umas semanas para ter ideia do balanço dos negócios nacionais e internacionais, mas todos saíram do evento com a certeza de muitos interesses comerciais que vão valer pelo ano. A The Brazil Conference & Expo é muito segmentada, por isso recebemos varejistas de todo o país, de hortifrutis às grandes redes e esse ano costuramos uma importante aproximação com o setor de food service e com o Secretário de Agricultura do estado de S. Paulo que prestigiou a abertura do evento e ficou encantado com a área de exposição”, comenta Junior Lucato, presidente do Conselho da IFPA no Brasil.


Uma delegação do Chile visitou a feira e fez muitos negócios com redes varejistas. O Country Manager da IFPA no Chile, Ivan Correa, disse que em 2024 vai trazer uma delegação de supermercadistas para ampliar a importação de produtos brasileiros, em especial de frutas.


A Conferência contou com conteúdo rico em informações para tomada de decisão com os números globais do setor de FFLV, tendências e perfil do novo consumidor, o aumento de hortifrutis para a cadeia do food service e uma palestra motivacional do ex-técnico de vôlei, Bernardinho.



Lançamentos, inovação e desafio global

A feira contou com mais de 40 lançamentos, com uma tendência de licenciamento de personagens infantis para frutas e legumes, com objetivo de sensibilizar as crianças, novas embalagens com produtos adequados para solteiros e famílias pequenas, assim como opções para consumo imediato. Também houve lançamentos de frutas orgânicas e novos sabores de uvas. “Os produtores estão sensíveis à demanda do consumidor e ver marcas convencionais lançarem orgânicos mostra mais um passo para aumentar o consumo de FLV”, diz Alex Lee, CEO da marca Rio Bonito e vice-presidente do Conselho da IFPA.


Uma inovação desta edição foi mostrar produtos tecnológicos no Espaço Startup e nas empresas de rastreabilidade, certificações e auditoria exclusivo para o setor. “Ter empresas de tecnologia e startups é um diferencial da feira. Esse ano fizemos muitos negócios, foi excelente o resultado para novas oportunidades”, disse Giampaolo Buso, da empresa de tecnologia PariPassu.


O desafio mundial é aumentar o consumo de produtos frescos e no Brasil esse trabalho de sensibilizar o consumidor é maior. “Diariamente, qualquer pessoa devia comer 400g de FLV, mas o brasileiro consome menos de 150g. Podemos aumentar a produção, diminuir o desperdício e equilibrar o preço final. Fazemos campanhas de sazonalidade, promovemos treinamentos para o varejo, conectamos a cadeia para superar esse desafio”, diz Junior Lucato.


“Este é um momento desafiador para os produtores em todo o mundo. A IFPA está posicionada de forma única para apoiar as necessidades específicas dos produtores, bem como garantir que eles estejam conectados ao resto da indústria. Nosso objetivo é aumentar a influência no mundo, garantir que programas e recursos apoiem globalmente os associados, os ajudem a enfrentar desafios de sustentabilidade e que os consumidores aumentem o consumo de produtos frescos.”, pontua Miriam Wolk, diretora de associados da IFPA.


Sobre a IFPA - A International Fresh Produce Association é a maior e mais diversificada associação internacional que atende toda a cadeia de suprimentos de frutas, flores, legumes e verduras.

 

Sobre a Francal Feiras - Desde 1969, a Francal Feiras é sinônimo de negócios e pioneirismo. Com mais de cinco décadas de atuação, é uma das maiores e mais tradicionais promotoras de eventos do país, com capital 100% nacional. Os negócios originados pelos 13 eventos de seu portfólio movimentam a economia e contribuem para o desenvolvimento de todas as regiões do Brasil.  


Fotos: divulgação

Comments


bottom of page