top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Produzindo mais de 60 mil picolés por dia, Sorvetes Los Los revela curiosidades sobre sua produção

"Consolidada no mercado, a Los Los garante a qualidade do gelato italiano, mas de maneira industrial"



Sem dúvidas, uma das sobremesas mais apreciadas no mundo, o sorvete sempre está cercado de curiosidades, não é mesmo? E apesar de sua praticidade ímpar na hora do consumo, até o produto chegar às mãos dos consumidores, muitas fases de preparação são necessárias. 


“Tudo começa na escolha do sabor, realizamos pesquisas de mercado, ficamos sempre de olho nas tendências internacionais e também nas necessidades e oportunidades que chegam. E assim iniciamos os testes, que podem ser rápidos ou demorados, depende da dificuldade de encontrar a receita perfeita. Já tivemos sabores que com 2  testes chegamos ao resultado esperado e outros que precisaram de 24 tentativas”, conta Caterine Piva, engenheira de alimentos da Los Los. 


A fábrica, localizada em São Paulo, funciona com energia 100% limpa e renovável e produz milhares de sorvetes por mês. Entre eles, o famoso Ovomaltine, que desde  o seu lançamento é o mais vendido da marca. 


“Um sorvete fica pronto em aproximadamente 48 horas e os processos são inúmeros para atingirmos o patamar de produto premium que oferecemos. Nossos consumidores já estão acostumados com a indulgência dos nossos sorvetes, que são muito cremosos e sempre recheados, seja com pedaços de bolos, de frutas, etc”, revela Caterine. 


Muita gente se arrisca em fazer picolés em casa, mas muitas pessoas reclamam dos cristais de gelo e da textura quando ficam prontos. E isso acontece, pois na indústria é possível atingir baixíssimas temperaturas, proporcionar um congelamento rápido e com circulação de ar, pontos que fazem toda a diferença. 


Um dos pedidos mais recorrentes no SAC da Los Los e em suas redes sociais é para visitação na fábrica, que só é liberada em casos excepcionais por normas de vigilância sanitária. Mas, para sanar a curiosidade, a Los Los decidiu revelar o passo a passo da sua fantástica fábrica de sorvetes. 


1º- primeiro preparamos a calda: os ingredientes são pesados e misturados nas tinas de pasteurização. Nesse processo a calda sofre aquecimento para eliminar os possíveis microrganismos.


2º-  essa calda passa pelo homogeneizador (que faz a quebra das partículas de gordura) deixando todos os ingredientes mais homogêneos.


3º- a calda vai para o trocador de calor, que derruba a temperatura de 70ºC para 4ºC, evitando que microorganismos se desenvolvam.


4º- depois tem a maturação, etapa que faz a incorporação das saborizações das caldas e corantes quando necessário. No geral não são usados corantes nos produtos. É muito importante essa etapa para que o sorvete agregue sabor, então a calda fica num tanque resfriado (2ºC a 4ºC) com circulação lenta, por no mínimo 12h.


5º- Para os picolés: a calda sai da maturação direto para a picoleteira, onde essa calda é dosada nas formas que estão imersas em álcool a - 25ºC, também são colocados os palitos nesse momento.


6º Após congelado a forma passa em um banho maria para o picolé ser desenformado. 


7º- Ele segue para a embaladora, onde são colocadas a embalagem primária e depois acomodados na caixa de papelão. 


Hoje, a Los Los conta com um extenso portfólio com  32 exclusivos e collabs, sendo 24 picolés e 8 cups. O gerente de marketing, Robson Moraes, ainda revela um pequeno spoiler “nos próximos meses terão novidades chegando nos nossos freezers, inclusive, uma collab surpreendente”. 

É possível encontrar os  produtos da Los Los nos PDVs da marca espalhados pelo Brasil, entre eles: Carrefour, Hirota, Cobasi, Petz, ST. Marché, Mambo, Natural da Terra, Hortifruti, Nutricar, Delta Supermercados, Pão de Açucar RJ, Atacadão, Zona Sul (RJ) e mais 3000 pontos, em 6 estados do Brasil. No site, tem um campo especial para auxiliar na busca pelo freezer mais próximo.   (www.sorvetesloslos.com.br/onde).


Foto: divulgação

Comments


bottom of page