top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Porto a Porto completa 25 anos com edição comemorativa de livro de memórias


“Histórias Engarrafadas” conta a trajetória da importadora curitibana 

 

Foto: César Rebouças


Foto: Cassiano Rosário


Para se ler entre uma taça de vinho e outra, o recém-lançado livro Histórias Engarrafadas conta a trajetória de sucesso da importadora curitibana Porto a Porto, que acaba de completar 25 anos e é reconhecida como uma das maiores empresas do país no ramo de enogastronomia. A empresa é comandada pelos irmãos Pedro e Fernando Corrêa de Oliveira. Escrita pelo jornalista Sandro Moser, a obra é uma edição comemorativa em tiragem limitada, que não está disponível para venda. 

 

A história da Porto a Porto começa nos anos 1990 quando a abertura dos portos modernizou a economia brasileira e permitiu a inserção do país no cenário internacional. Foi nessa conjuntura que a empresa nasceu em agosto de 1998, em Curitiba, onde a Matriz funciona até hoje. 

 

Com um portfólio de mais de 1 mil produtos, mais de 120 colaboradores e mais de 100 fornecedores internacionais de países como França, Itália, Espanha, Portugal, Alemanha, Chile e Argentina, a Porto a Porto atende cerca de 6 mil clientes em todas as regiões do país, graças a um esquema logístico complexo e eficiente. 

 

Agora, com um presente pavimentado, a empresa familiar já está voltada para os próximos anos. Caberá às novas gerações, já envolvidas nos negócios, a tarefa de assumir os novos desafios e desenhar o futuro. 

 

“Criei e gerenciei a empresa da melhor maneira que pude, porque quero deixá-la para meus filhos, sobrinhos e netos, assim como a minha família deixou para mim”, afirma o diretor Pedro Corrêa de Oliveira, no livro.  

 

Além do lançamento do livro e a constante ampliação do portfólio, o ano de 2023 foi marcado pela expansão da empresa com a inauguração da nova sucursal de Salvador, que se junta às já estruturadas Filiais de Porto Alegre, Brasília e Recife.  

 

Em paralelo, a Porto a Porto avança na qualificação e treinamento de seus colaboradores e se empenha constantemente no apoio a muitos projetos culturais e sociais, como a campanha Outubro Rosé que reverteu parte do valor das vendas de vinho rosé para a ONG Cabelegria, projeto que desenvolve e distribui gratuitamente perucas para pessoas com câncer. 

 

Mayra Santos, Hugo Sola e Raphael Medeiros

Foto: César Rebouças


Portfólio premium 

 

Além dos vinhos, bebidas como cervejas, destilados, sucos e águas compõem o portfólio. Entre os produtores que se destacam no catálogo da Porto a Porto estão os espanhóis da Premium Fincas (Marqués de Tomares, Nuestro e Chan de Rosas) e Pata Negra; os portugueses da Caves Messias, da Carmim e os enólogos Filipa Pato e João Portugal Ramos; os argentinos das vinícolas Norton, Alambrado e Alfredo Roca. E os chilenos da Carolina Wine Brands (Santa Carolina e Viña Casablanca). 

 

A empresa representa ainda os vinhos franceses da célebre Denis Dubourdieu Domaines e o famoso champagne Deutz, além de trazer ao Brasil prestigiados vinhos da Borgonha da Maison Moillard. A Porto a Porto ainda é responsável no Brasil pelas cervejas da marca alemã Paulaner. 

  

A gastronomia da Itália é um capítulo à parte e o portfólio da importadora possui produtos do segmento alimentício como os da marca Paganini, responsável pela maior e melhor linha de itens italianos cuidadosamente selecionados para o consumidor brasileiro.



Comments


bottom of page