• Viviane Campos

Por que sentimos mais fome no inverno?


Confira dicas de alimentos para evitar calorias e manter o peso na estação mais fria do ano


Não há quem negue: o friozinho combina – e muito – com um bom chocolate quente ou outros alimentos que, em sua maioria, tendem a ser mais calóricos. É natural que, com a chegada do inverno, a vontade de consumir uma quantidade maior de alimentos aumente, assim como o desejo pelas guloseimas. Mas por que isso acontece?


Em dias frios, o corpo humano gasta mais energia para se manter aquecido. Portanto, o organismo trabalha mais. E é por este motivo que sentimos mais fome, e uma fome específica de alimentos quentes e mais calóricos. É o que explica o coordenador do curso de Nutrição do Centro Universitário IESB, Guilherme Theodoro. “No inverno, o organismo entende que o frio é uma condição delicada para o corpo e por isso entra em uma situação de proteção. Por este motivo, é esperado nesta época que as pessoas optem por alimentos mais calóricos, mesmo que involuntariamente, porque, no subconsciente, o organismo está pedindo para reter e receber mais energia”, completa o nutricionista.


E como evitar o ganho de peso? Para isso, o professor recomenda que, especialmente nessas temporadas, alimentos com ingredientes ativos termogênicos sejam consumidos com mais frequência. “São alimentos que acabam acelerando o metabolismo. Então, enquanto o organismo vai se tornando mais lento, você coloca um alimento por cima que vai tentar fazer o contraponto a este processo para evitar que você tenha tanta retenção de energia e acabe engordando”, explica Guilherme.


Mas quais são os alimentos com ativos termogênicos? O nutricionista indica, por exemplo, pimentas, gengibre, café e canela. “É um período oportuno para utilizar uma pimentinha na hora do almoço. O gengibre também é uma escolha muito interessante, e é daí que vem a ideia do quentão, porque o quentão tem muitos ingredientes que são termogênicos, como o próprio gengibre e a canela”, pontua. Guilherme.


Portanto, nesse friozinho, abuse de chás, sobretudo os que contém ingredientes termogênicos, como o chá verde, o chá mate e o de hibisco. Além disso, a cafeína não fica de fora, só não pode exagerar para não perder o sono a noite. Cravo da Índia e semente de cominho são outras opções que podem entrar no cardápio, principalmente, nesta época do ano.

Foto: divulgação