• Viviane Campos

Pães artesanais da Pasta Madre fazem sucesso no Jardim Botânico.

Atualizado: 16 de Set de 2019

Com influência da panificação italiana, oferece quatro linhas de pães de fermentação natural: italianos, doces, integrais e funcionais com redução de glúten.


A Pasta Madre Pães Artesanais é a primeira casa de pães artesanais no Jardim Botânico, em Brasília, e vem fazendo sucesso na região. A proposta é fazer pães sem aditivos químicos ou biológicos, com fermentação lenta de oito a 72 horas. Com influência da panificação italiana, oferece quatro linhas de pães: italianos, doces, integrais e funcionais, com redução de glúten. A casa também utiliza os produtos locais e do Cerrado na produção dos pães como o de buriti e o de baru, que têm muita procura. “A missão da Pasta Madre é oferecer pães saudáveis, saborosos, feitos com dedicação e bons sentimentos. Estamos em sintonia com o slow food, um movimento mundial que valoriza a comida e o meio ambiente”, ressalta o proprietário Daniel Amadio Fujiwara.


Daniel Amadio Fujiwara

Os pães mais vendidos são: o italiano (R$ 11,00), a ciabatta tradicional (R$ 12,00), o de gorgonzola (R$ 16,00), o de cacau com chocolate belga (R$ 17,00). Além disso, são muito apreciados os pães doce vegano feito com óleo de coco, o de batata doce com azeite de oliva extra-virgem e o de abóbora. Destacam-se ainda as roscas doce de canela e de banana. Em todos os produtos só são utilizados açúcar orgânico demerara ou mascavo.


Ciabatta de gorgonzola


Rosca doce de canela

Todos os pães levam farinha integral (de 12% a 100%). “Além de realçar o sabor, é mais saudável”, explica Fujiwara, que busca sempre por farinhas de melhor qualidade no mercado, dando preferência para as nacionais. “No momento, estou fazendo uma pesquisa com farinhas integrais disponíveis, e toda semana fazemos o pão 100% integral com uma farinha diferente, é muito interessante perceber que o sabor do trigo integral varia de pão para pão. Existem boas farinhas integrais feitas com trigo plantado aqui perto de Brasília, nas cidades de Cristalina e Vianópolis, ambas em Goiás. O Brasil tem melhorado muito a qualidade das farinhas, e o destaque é o Paraná. Cada farinha tem um perfil e procuramos explorar o que tem de melhor de cada uma”, ressalta Daniel.

Além dos pães, a Pasta Madre produz ainda outros produtos, com fermentação natural, como o bolo de cacau, biscoitos típicos italianos como os taralli e grissini, o amanteigado de batata doce e o cookie de aveia com melado, além de uma granola especial feita com melado, castanhas e grãos. Oferece também um empório com produtos de qualidade como queijos, patês, frios, geleias, farinhas e cafés especiais. Sempre priorizando produtos orgânicos e fabricados artesanalmente na região.

A Pasta Madre é um sonho acalentado ao longo dos anos pelos casal Daniel Fujiwara e Katia Ern, moradores do Jardim Botânico, que sempre foram apaixonados pela boa mesa. O espaço foi projetado pelo proprietário, que é arquiteto, utilizando madeiras de demolição, e paredes pintadas com tinta à base de terra. Filho de uma família de japoneses e italianos, Daniel começou a aventura de fazer pão italiano em casa desde 2013. De lá para cá, fez cursos de panificação em São Paulo, sua terra natal, e foi sendo estimulado pelos amigos que elogiavam o pão, para abrir sua própria padaria. Assim Daniel e Kátia Ern, que é ex-funcionária pública e ceramista, inauguraram a Pasta Madre em agosto de 2018. Segundo Kátia, o nome Pasta Madre significa massa mãe em italiano, de onde é retirado o fermento para fazer todos os pães todos os dias. No Brasil é conhecido por isca ou pão de Cristo.

Serviço

Pasta Madre Condomínio Solar de Brasília Quadra Comercial 3 | loja 5,

Funcionamento: seg. a sexta-feira das 8h às 20h, sábado das 8h às 18h.

Contato: 61 996711970

©2019 by Gastronomia BSB. Proudly created with Wix.com