top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Orfeu Cafés Especiais apresenta microlote premiado em edição limitada

O Microlote Arara foi vencedor do concurso Aroma BSCA e estará disponível para venda em exclusivas garrafas numeradas



Orfeu Cafés Especiais lança no próximo dia 15 de julho o Microlote Premiado Orfeu Arara. De grãos orgânicos, o café foi recentemente condecorado pelo concurso Aroma da BSCA (Brazilian Specialty Coffee Association), que premia os melhores cafés da última safra, restrito a produtores sustentáveis e certificados. Especialmente para esta edição, o café vencedor será apresentado ao público em garrafas de vidro vedadas à rolha: serão apenas 500 unidades numeradas à mão, disponíveis para venda apenas no e-commerce da marca e na Casa Santa Luzia, em São Paulo.


 Selecionado de um pequeno talhão a 1.215 metros de altitude da fazenda Sertãozinho, no sul de Minas Gerais, o café de categoria Especial foi colhido à mão e secou naturalmente ao sol. De torra clara, o microlote Orfeu Arara apresenta aromas complexos, doçura marcante, acidez e corpo sedoso. No paladar, as notas remetem a frutas cítricas como laranja, limão e mexerica, e adocicadas como rapadura e melaço. Uma experiência que encantou os paladares exigentes dos jurados do concurso.


Além de ser um Café Especial de excelência, a embalagem do Microlote Premiado Orfeu Arara possui uma riqueza de detalhes minuciosos. A garrafa de vidro com 330 gramas do café em grãos, vedada à rolha, vem dentro de um porta-garrafa de tecido e com alça de couro. Cada garrafa virá com uma tag, onde ararinhas bordadas pelas Bordadeiras da Fazenda, fazem uma singela homenagem ao nosso país.


Para apreciação do microlote Arara, Orfeu recomenda que os grãos sejam moídos em moinho manual ou automático e preparados no método coado na proporção de 11 gramas de café para 100ml de água ou em máquinas de espresso na proporção de 9 gramas de pó para 40 ml de água.


Serviço:


E-commerce Orfeu


Sobre Orfeu Cafés Especiais


Marca criada em 2005, Orfeu Cafés Especiais carrega com louvor a colocação de café brasileiro mais premiado no mundo. Tal excelência é fruto de um trabalho minucioso que acontece desde a seleção das sementes até chegar à xícara de seus apreciadores. O plantio do café tem como origem diferentes terroirs e é cultivado majoritariamente no alto das montanhas do sul de Minas Gerais, na icônica fazenda Sertãozinho, que faz parte do complexo de Orfeu, sendo a maior detentora das lavouras, além de guardiã de um jequitibá de 1.500 anos. Em 2022, Orfeu expandiu e, por meio do Plano de Certificação, passou a viabilizar o fornecimento de café advindo de outros cafeicultores, por conta do aumento de consumo de cafés especiais no Brasil e, consequentemente, crescimento da marca.


Orfeu cuida de todo processo de produção: plantio, colheita, torra e embalagens — manuseado pelos dedicados e gabaritados funcionários da empresa. Entre estes, em constante especialização e evolução, estão dez Q-Graders, especialistas internacionais de café. Em seu portfólio padrão, fazem parte os Blends Intenso, Clássico, Bourbon Amarelo, Orgânico, Descafeinado e os lançamentos pontuais de Microlotes. 


De sabores únicos e frescor inigualável, Orfeu conta ainda com um produto no mesmo nível e trato como seus cafés. Depois de quase dez anos da primeira oliveira, a marca lançou em 2020 seus azeites especiais. As oliveiras plantadas a mais de 1.300 metros de altitude na Fazenda Rainha são cultivadas em terroir privilegiado, de solo vulcânico e que proporcionam em cada cuidadosa extração a qualidade máxima. Azeites Especiais Orfeu são elaborados em lagar próprio (oficina de produção de azeites) nas versões de Koroneiki, Coratina, Arbosana, Arbequina, Blend de safra e lançamentos pontuais de Microlotes. Mesmo com apenas dois anos no mercado, os Azeites Especiais Orfeu já foram premiados pelos mais respeitados concursos do mundo.


Foto: divulgação

Commenti


bottom of page