• Viviane Campos

O fim do ano está chegando, os dias estão ficando com temperaturas cada vez mais agradáveis

Selecionamos sete rótulos, brancos, rosé e tintos, com sugestões de harmonização. Para melhorar a experiência, reunimos algumas dicas de serviço para a temperatura correta. Todos os rótulos são trazidos ao Brasil pelas importadoras Porto a Porto e Casa Flora. Confira!

Pouca Roupa Branco - Esse alentejano branco é um fácil de beber, despretensioso e muito saboroso. Elaborado com as uvas Verdelho, Sauvignon Blanc e Viosinho, possui acidez bem integrada com a fruta. É ótimo para acompanhar peixes, mariscos, carnes brancas e massas.

Chan de Rosas Albariño Cuvée - Este branco espanhol é elaborado na denominação Rías Baixas, grande destaque da região da Galícia. A uva Albariño cultivada em solo granítico e o clima atlântico expressam excelente mineralidade, além de características frutadas e florais. É fresco, persistente e untuoso em boca. Excelente sozinho e também acompanha perfeitamente queijos e tapas (aperitivos espanhóis).


Numbered Edition - Rosé espanhol produzido com a uva Tempranillo, na denominação Rioja, a mais prestigiada da Espanha. Leve e saboroso, destaca-se pelos aromas que remetem à framboesa. Ótimo para acompanhar aperitivos ou queijos.

Castillo San Simón Cabernet Sauvignon - Elaborado com a Cabernet Sauvignon, este tinto apresenta as típicas caraterísticas desta uva em terroir espanhol, como aromas de frutas escuras e pimentas. Possui taninos macios e balanceados pela acidez. É excelente como aperitivo e também para acompanhar paella.

Loios Tinto - Tinto português da região do Alentejo, é elaborado com as uvas Aragonez, Trincadeira e Castelão. Apresenta aromas frutados e discreto vegetal. Harmoniza muito bem com porções de mignon ou calabresa.

Marquês de Borba Colheita Tinto - Tinto de corte das uvas Alicante Bouschet, Aragonez, Merlot, Petit Verdot, Touriga Nacional e Trincadeira. É elaborado no Alentejo e apresenta aromas de frutas como amoras e cassis. Possui taninos macios, resultado dos 6 meses de amadurecimento em barricas de carvalho. Combina com carnes vermelhas grelhadas, massas com molhos e queijos finos.

Marqués de Tomares Crianza - Tinto espanhol da Rioja, a principal denominação da Espanha, elegante e de ótima estrutura. Na composição, as uvas Tempranillo (90%) e Graciano. O vinho amadurece por 12 meses em barrica de carvalho americano e francês e estagia 12 meses em garrafa antes da comercialização. Harmoniza com cordeiro assado, carnes vermelhas, aves e queijos de média maturação.

Dica: qual a temperatura correta para o serviço dos vinhos? A temperatura de serviço interfere na percepção dos aromas e sabores do vinho. Rótulos mais encorpados são geralmente estruturados e complexos, e se servidos em temperatura inferior a 16°C terão os taninos e aromas muito destacados. Se servidos acima de 18°C o álcool pode ficar ressaltado, pois a temperatura alta esconde a acidez. É comum também os questionamentos sobre uso do congelador, que é viável para os rótulos de dia a dia, mas apenas em último caso e por pouco tempo (em torno de 20 minutos). Já para esfriá-los na geladeira, o ideal é colocar os brancos leves por entre 2 horas e 2h30 e os brancos mais encorpados por entre 1 hora e 1h30, considerando a temperatura de 4° do eletrodoméstico.

Confira as temperaturas sugeridas: Tintos médio corpo/encorpados: 16 a 18º C Tintos leves: 14 a 16º C Fortificados: 12 a 18º C Rosés: 8 a 12 º C Brancos encorpados: 8 a 12º C Brancos leves: 7 a 9º C Espumantes: 6 a 8º C

Fotos: divulgação

--