top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Nhoque da Fortuna: simpatia com o prato italiano pode trazer sorte neste começo de ano

Comer nhoque todo dia 29 de cada mês para realizar desejos é um ritual que ganhou o mundo. Que tal tentar a sorte ainda em janeiro no Piselli Brasília?

 


Cada chegada de um novo ano é sinônimo de recomeço. Neste período, as pessoas costumam fazer uma retrospectiva do que passou e estabelecem metas, desejos e planos para o período que começa. Se neste processo tiver uma ajuda do destino e da sorte, melhor ainda. Por isso, dia 29 de janeiro é uma ótima oportunidade para comer um prato de nhoque. 

 

Isso porque, reza a lenda que, para ter sorte, é preciso comer a massa no dia 29 de cada mês sem esquecer de colocar uma nota de dinheiro debaixo do prato e mentalizar um pedido especial. É importante lembrar de fazer o pedido enquanto saboreia os sete primeiros nhoques e que o dinheiro fique guardado até o próximo dia 29 para garantir a fartura desejada.

 

Para começar o ano com pé direito e muita sorte, vale recorrer ao ritual. Uma sugestão para deixá-lo ainda mais especial é degustar o prato, tradicionalmente italiano, em uma casa especializada na gastronomia da Itália. 

 

Em Brasília, o Piselli, localizado no Shopping Iguatemi, oferece duas opções da massa. A primeira, o Gnocchi Di Olive Alla Normal (R$89), é um nhoque de azeitonas pretas com molho de tomate fresco, berinjela e ricota defumada. Para harmonizar com a escolha, a sugestão do sommelier da casa Francisco Jaidan é o vinho italiano Cademusa Nero D'Avola (R$162).

 

Outra alternativa de nhoque é o  Gnocchi Sorrentina (R$89), uma massa de batatas, molho de tomate fresco, mussarela de búfala e manjericão. O prato harmoniza com o vinho tinto Chianti Clássico Guidi (R$226).  


Origem

 

A história do ritual remete, mais ou menos, ao século IV em um dia 29 qualquer. Na ocasião, São Pantaleão se disfarçou de andarilho e percorreu um vilarejo na Itália. Ele bateu em várias casas pedindo um prato de comida, até que uma família muito humilde deixou o santo cristão entrar e dividiu com ele a pouca refeição que tinha. Para cada um, foram servidas exatamente sete massas de nhoque. 


Ao final da refeição, São Pantaleão se levantou, agradeceu a gentileza e a hospitalidade e foi embora. Enquanto isso, a família retirava os pratos da mesa e, embaixo deles, encontrou várias moedas de ouro. 

A história do santo e dos setes nhoques ficou famosa e se transformou em um ritual que é celebrado em vários países do mundo, incluindo o Brasil. 

 

Serviço:

Piselli Brasília

Onde: Piselli Brasília - Shopping Iguatemi (Lago Norte)

Horário de funcionamento:

Segunda e quinta-feira, 12h às 23h; sexta e sábado, 12h às 0h; domingo, 12h às 22h.

Para mais informações e reservas: (61) 99913-7191


Foto: divulgação

Comments


bottom of page