• Viviane Campos

MIOLO SINGLE VINEYARD Alvarinho, o branco do Vinhedo da Figueira


Lançamento da Safra 2021 chega para completar a Linha Miolo Single Vineyard, exibindo o terroir de Candiota, na Campanha Meridional


São 20.418 garrafas, todas numeradas. A partida limitada é resultado exato da colheita manual e seletiva de 2,71 hectares do Vinhedo da Figueira, mais precisamente da Quadra 2, Parcela G, na Vinícola Seival, em Candiota (RS), na Campanha Meridional. O vinhedo foi plantado em 2001 e de lá para cá muitos experimentos foram realizados até se chegar ao Miolo Single Vineyard Alvarinho Safra 2021, um dos grandes lançamentos do ano da Miolo Wine Group.

Assim como os cinco demais rótulos que integram a linha, o Miolo Single Vineyard Alvarinho nasce de um único vinhedo. Com 20 anos de vida, o Vinhedo da Figueira é assim chamado por circundar uma imponente figueira que, além de alimentar aves, veados, capivaras e pequenos roedores, como o Tuco-Tuco, espécie nativa, também forma um cenário monumental em meio a um ambiente cercado por coxilhas cobertas por vinhedos. À sombra da figueira, um espaço natural perfeito para contemplar uma natureza preservada, tendo a vinícola ao fundo. Conduzido em espaldeira na encosta de uma coxilha virada a Leste, o Vinhedo da Figueira tem uma exposição solar que favorece o natural resguardo da acidez tartárica e málica das uvas. Plantado com uma densidade de 3.333 plantas por hectare, é fruto de material genético que veio de Portugal.

“Somente com um excelente trabalho de manejo do vinhedo é que conseguimos cultivar uvas com alta qualidade e, assim, elaborar vinhos superiores. Não há segredo, há muito trabalho, investimento e conhecimento. Por isso, costumamos dizer que nossos vinhos nascem da terra e brotam dos vinhedos. Aprendemos com o solo, o clima, as pessoas”, destaca o diretor superintendente da Miolo Wine Group, enólogo Adriano Miolo.

A história da Miolo com castas portuguesas na Campanha Gaúcha começou há 20 anos, quando a empresa, percebendo o potencial da região, resolveu buscar outras performances naturais dessas variedades, como é o caso da Alvarinho. Em se tratando da viticultura contemporânea do Brasil, a Miolo é pioneira no plantio dessas castas. Hoje, o que despontava como uma tendência se tornou realidade. O consumidor está muito mais aberto a essas castas portuguesas, que vêm conquistando cada vez mais espaço no mercado brasileiro.

O vinho

Límpido, com tonalidade amarelo claro, apresenta traços esverdeados. Sua intensidade é marcante. Traz complexidade aromática com notas tropicais. Os descritores de aromas vão das notas de pêssego às flores brancas. Na boca, é um vinho macio, fresco e agradável. Ideal ser apreciado com temperatura entre 10°C e 12°C. Versatilidade é sua principal virtude. Acompanha petiscos, saladas e pratos frescos, harmonizando muito bem com bacalhau à Gomes de Sá, Bacalhau à Brás, frutos do mar, siri na casca, ostras, peixe Robalo, filé de Côngrio ao forno, peixes de mar ou rio. Também é indicado para acompanhar queijos de massa mole e frescos. Pode ser adquirido na loja virtual da Miolo, em casas especializadas, delicatéssens e restaurantes de todo o Brasil. Preço sugerido: R$ 78,96

Linha Miolo Single Vineyard

  • Miolo Single Vineyard Riesling Johannisberg Safra 2020

18.305 garrafas – Vinícola Almadén (Santana do Livramento)

  • Miolo Single Vineyard Touriga Nacional Safra 2020

30.316 garrafas – Vinícola Seival (Candiota)

  • Miolo Single Vineyard Cabernet Franc Safra 2020 – Selo IP Campanha Gaúcha

29.880 garrafas – Vinícola Almadén (Santana do Livramento)

  • Miolo Single Vineyard Alvarinho Safra 2021

20.418 garrafas – Vinícola Seival (Candiota)

  • Miolo Single Vineyard Pinot Noir Safra 2020 – Selo IP Campanha Gaúcha

18.749 garrafas – Vinícola Seival (Candiota)

  • Miolo Single Vineyard Syrah Safra 2020

26.286 garrafas – Vinícola Terranova (Vale do São Francisco)



Imagem: Rjcastilho e Divulgação Miolo