• Viviane Campos

Miolo Reserva Merlot, 30 anos de história


Rótulo foi o primeiro da história da marca a chegar na mesa do consumidor. Data é marcada pelo lançamento do Miolo Reserva Merlot Safra 2020


Desde o lançamento do Miolo Reserva Merlot Safra 1990, o mercado assistiu a uma rápida e bem-sucedida evolução da Vinícola Miolo. O ano era 1992. E este foi o primeiro de uma série de rótulos que iriam mudar a história da vitivinicultura brasileira. Foi com ele que a Miolo estreou no mercado internacional. Safra a safra, a Miolo foi construindo e narrando sua história através de um portfólio de vinhos e espumantes que hoje ultrapassa os 120 produtos. Novidades foram chegando, tendências foram sendo adotadas, novas tecnologias foram implantadas e a linha Reserva se manteve viva como todo grande vinho. Mudamos de século e o primogênito Miolo Reserva Merlot segue com a mesma essência do começo.

“O Miolo Reserva Merlot foi nosso primeiro vinho. Foi com ele que tornamos nosso sonho uma realidade. Foi ele que abriu portas, que tornou nosso nome conhecido e, acima de tudo, mostrou na taça que no Brasil é possível fazer grandes vinhos. E este é muito especial para nós. Está conosco desde o início e junto com a gente evoluiu, por dentro e por fora”, destaca o enólogo Adriano Miolo, diretor superintendente da Miolo Wine Group.

O lote inicial de apenas 8 mil garrafas já carregava as características da emblemática uva do Vale dos Vinhedos, a tinta Merlot, reconhecida na época pela família como uma das castas que melhor se adaptou à região. Atualmente, as uvas que originam o vinho são cultivadas nos vinhedos próprios em Candiota, na Vinícola Seival. Consolidado no mercado interno e externo, o Miolo Reserva Merlot é um dos vinhos mais tradicionais da empresa. E justamente por agregar este valor histórico é que o Miolo Reserva Merlot Safra 2020 chega ao mercado para brindar a chegada do inverno, além de ser um exemplar da extraordinária ‘Safra das Safras’.

No ano passado, a linha passou por uma transformação, com mudanças no rótulo, revisão nos cortes e lançamento do Syrah. Agora, com uma identidade mais sofisticada, exalta a alta qualidade com excelente custo-benefício para o dia a dia com valor na faixa de R$ 50. A Linha Reserva também incorpora no contra rótulo de seus vinhos o Selo da The Vegan Society, que certifica os produtos como 100% veganos, mais um diferencial da marca que acompanha as tendências de consumo e o novo comportamento dos consumidores.

O vinho

De cor rubi profundo, médio corpo, bastante harmônico e de paladar aveludado, este vinho apresenta bouquet complexo devido sua evolução em carvalho. Com coloração intensa, que traz tonalidades púrpura e vermelho-rubi, destaca bom aroma de fruta vermelha madura, lembrando morango e ameixa guardados em madeira. Bem estruturado, encorpado e com ótima persistência no retrogosto, ideal ser apreciado com temperatura entre 16ºC e 18ºC.

Diante de seu teor alcoólico, recomenda-se ser harmonizado com comidas untuosas e suculentas. Assim, é ideal acompanhando arroz carreteiro, carne de panela, dobradinha, feijoada carioca, macarrão ao ragu, arroz de frango caipira, frango com quiabo, baião de dois, rodízio de massas, pizzas clássicas e queijos maturados de massa semidura.

Imagem: Divulgação Miolo