• Viviane Campos

"Menu 4 Mãos Sagradas”


Chef peruano Marco Espinoza e chef carioca Elia Schramm uniram os seus talentos na criação de um cardápio especial que será oferecido no Sagrado Mar, dias 17 e 18 de junho


A fusão do talento de um chef peruano com a criatividade de um chef suíço-francês. O resultado são criações gastronômicas surpreendentes oferecidas em quatro etapas e nove pratos. Marco Espinoza, a frente em Brasília dos renomados Taypá e Sagrado Mar, convidou Elia Schramm, radicado no Rio de Janeiro, para criarem, juntos, o “Menu 4 Mãos Sagradas”, oferecido nos dias 17 e 18 de junho, almoço e jantar, no restaurante Sagrado Mar, na QI 17 do Lago Sul, e em duas opções: com harmonização, R$ 300,00, ou sem, R$ 180,00.

O “Menu 4 Mãos Sagradas” traz snacks, entrada, pratos principais e sobremesas. Confira:

Snacks

Chef Elias Schramm

Croquete de gambas, aioli de limão

Tapioca souflada, polvo no carvão, abacate e páprica defumada

Chef Marco Espinoza

Caldo de mexilhão com presunto cru

Crocante de fubá com camarão

*Harmonizados* com Valdemiz Brut Rosé

Entrada

Chef Elias Schramm

Tataki de atum, cebolinha tostada, missô e coalhada seca

Chef Marco Espinoza

Polvo ao carvão, molho de pimentão defumado e batata

*Harmonizados* com Alto Madero Reserva Chardonnay

Principais

Chef Elias Schramm

Cavaquinha grelhada, curry de quinoa, espuma ao capim limão

*Harmonizado* com Pedra Cancela seleção do Enólogo Rosé

Chef Marco Espinoza

Robalo e lambreta com mandioca cremosa

*Harmonizado* com Sanctuary Pinot Noir

Sobremesa

Chef Elias Schramm

Cremoso de chocolate branco e iogurte, compota de morangos e mel de abelha nativa

*Harmonizado* com Falernia late Harvest

Sobre o chef Marco Espinoza



É atualmente um dos expoentes da nova gastronomia ao fundir a cozinha contemporânea com elementos, produtos e temperos tipicamente peruanos com novas técnicas. Marco Espinoza é referência quando se fala em gastronomia do país andino. Nascido em Lima, Peru, Espinoza mudou-se para Buenos Aires aos 19 anos, quando começou a trabalhar com sua mãe na embaixada peruana na Argentina. Logo após sua formação pelo I.A.G (Instituto Argentino de Gastronomia) tornou-se chef executivo da representação peruana na capital portenha, de onde saiu para comandar o então renomado Bardot, restaurante peruano famoso pelas paredes pink e lustres luxuosos localizado em Palermo, um dos bairros mais valorizados da capital argentina. De lá seguiu para as principais cozinhas portenhas antes de fixar-se em Brasília para fundar o Taypá. Em 2013 fincou território no Rio de janeiro para estar também à frente do Lima Cocina Peruana (que em 2015 foi reconhecido pelo Guia Michelin Brasil com o mérito Bib Gourmand), nos bairros de Botafogo e Tijuca. O chef comanda também o El Chaco Parrilla, com endereços em São Paulo e Rio de Janeiro; o Cantón, também no Rio de Janeiro e em breve em Brasília; e o Sagrado Mar, em Brasília, ao lado dos seus sócios no Taypá. Com o título recebido pelo Taypá de ‘Melhor Restaurante Peruano no Brasil’ do governo do Peru, Espinoza recebeu uma medalha pelo seu talento e excelente trabalho realizado no restaurante. Foi eleito chef do ano pelo júri de Veja Brasília “Comer & Beber” em 2014 e pelo guia gastronômico Brasília Show Gastronomia 2016/2017. Também foi convidado para comandar a cozinha da Casa do Peru, nas Olímpiadas Rio 2016.

Sobre Elia Schramm


Nascido na Suíça francesa, até seus sete anos viveu na parte italiana do país, quando veio então para o Brasil. Apaixonado por gastronomia, artes e literatura, respira ares renascentistas e é fruto de uma mistura improvável das culturas alemã, francesa, italiana e carioca. Cursou dois anos de Direito no Rio de Janeiro, mas formou-se em Gastronomia. Em sua passagem pelas cozinhas da Europa, atuou em hotéis de luxo na Inglaterra e na França e nos restaurantes estrelados Le Taillevant e Le Violon d’Ingres, ambos em Paris. De volta à Cidade Maravilhosa, lapidou seu talento em estabelecimentos de prestígio como o Térèze e o Le Pré Catelan. Da escola francesa, tirou as ferramentas necessárias para que fazer as coisas ao seu modo, o que lhe rendeu o prêmio de Chef Revelação de 2015, pela revista Veja Comer & Beber Rio, às vésperas de completar um ano no comando Laguiole – arrojado restaurante do Museu de Arte Moderna do Rio – onde foi coroado mais tarde com sua primeira estrela Michelin. Nos últimos anos, esteve à frente das cozinhas do Grupo 14zero3, onde cuidou simultaneamente de sete casas que fazem a cabeça do carioca, explorando culinárias de diferentes partes do mundo e que, de alguma forma, fazem parte de sua história. Sem se prender a fronteiras culturais ou territoriais, Schramm elabora uma gastronomia em sintonia com seu tempo: cosmopolita, descontraída, refinada e com muita afetividade.

Aos 37 anos, Elia abrirá no segundo semestre de 2021, seu primeiro restaurante próprio, no coração de Ipanema. A Babbo Osteria será uma grande homenagem à ancestralidade do chef, que vai explorar em seus pratos as raízes italianas de sua família, sem deixar de lado a bagagem acumulada nos seus 16 anos de cozinha.

Sobre o Sagrado Mar

Um encontro de sabores autênticos e excêntricos do oceano com o fogo. Assim é o Sagrado Mar, restaurante que acaba de abrir as portas na QI 17 do Lago Sul, capitaneado pelos mesmos empresários do premiado e vizinho Taypá: Antonio Carvalho, Ivone Carvalho e o renomado chef Marco Espinoza, criador do menu e da proposta da casa, que é unir os sabores dos frutos do mar com o calor da brasa. O resultado dessa fusão proporciona uma experiência única. O Sagrado imprime a cultura da comida de verdade, explorando ao máximo todos os aromas, texturas e formas de criar pratos únicos. O projeto de 150m², assinado pela Tune Arquitetura, acomoda até 80 pessoas, no almoço e no jantar, de terça-feira a domingo. O menu conta com sugestões fixas, além do Pescado do Dia (para uma ou duas pessoas), em que o cliente escolhe dois acompanhamentos, além da Sugestão do Chef, disponível no almoço de segunda a sexta-feira (exceto feriados).

Sagrado Mar

SHIS QI 17, bloco G, sala 201 – Ed. Fashion Park – Lago Sul

(61) 3202-3256 ou (61) 3201-5156

Terça-feira a sábado, almoço e jantar – 12h às 15h30 e 19h às 00h. Domingo apenas almoço – 12h às 15h30

@sagradomarrestaurante


Fotos: divulgação