top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Machu Picchu Brasil abre o cardápio da cozinha peruana

A Operadora Machu Picchu Brasil, que faz parte do Grupo Inspire e é a única empresa brasileira 100% especializada em viagens ao Peru, nasceu em 2010 como empresa ponto com. E evoluiu para uma operadora full service. Oferece serviços receptivos de qualidade, instalados em Cusco, no Peru e prioriza atendimento diferenciado às agências de viagens emissivas. Diferencial competitivo: foco em um único destino – o Peru. Tem escritórios em São Paulo e Curitiba (PR).


A expertise reconhecida da Machu Picchu Brasil, em matéria de Peru, inclui a rica culinária daquele país andino. Não por acaso, a gastronomia peruana tornou-se referência internacional. Ingredientes e receitas guardam segredos ancestrais, que remontam os tempos da civilização inca. Segue sinopse informativa sobre ingredientes e comidas. E link de restaurantes recomendados, em Lima e Cusco.


Sete produtos para apreciar a culinária andina


Lúcuma: Trata-se de uma fruta tipicamente peruana e faz parte do cotidiano do país. A fruta é apelidada de “El oro de los Incas”, há quem a coma pura, mas está presente em cardápios de restaurantes em forma de doces para a sobremesa.


Maca Peruana: Na sua forma in natura, lembra um pouco o rabanete e só cresce em altitudes maiores. Dentre seus benefícios para a saúde, previne diabetes e faz perder calorias. É servida em forma de farinha, que é usada em saladas, sopas, iogurte e sucos.


Aji Amarillo: Ingrediente essencial na receita original do ceviche, essa pimenta está presente na gastronomia moderna do Peru e era consumida pelos povos originários. Além do ceviche, há o Aji de Gallina, o Lomo Saltado e a Papa a la Huancaina.


Maiz Morado: O milho é um dos ingredientes mais utilizados na comida peruana, com variedades de cores e tamanhos das espigas. No entanto, o milho negro (ou maíz morado) é utilizado na preparação da Chicha Morada (bebida sagrada dos Incas) e da famosa sobremesa mazamorra morada.


Quinua: É um dos grãos recorrentes na comida peruana, pelo sabor e poder nutritivo. Em saladas e pratos quentes, está no risoto de quinoa com carne de alpaca e até hambúrguer vegetariano com o cereal.


Tuna: frutinha deliciosa, meios verde, meio roxa, é originária de um cacto muito das regiões mais secas do Peru. É comum encontrá-la em barraquinhas e feiras de rua. Geralmente servida em sucos ou vitaminas. Muito doce, dispensa açúcar.


Rocoto: Pimenta bem picante, é destaque num dos pratos mais típicos e conhecidos do país – o Rocoto Relleno, que é a própria pimenta recheada com queijo e carne. Também há molhos e geleias de rocoto.


Sete pratos típicos do Peru


Olluquito com Charqui: Os peruanos também têm a sua própria ‘carne seca’, só que de alpaca ou de lhama. E um dos mais deliciosos pratos típicos do Peru é o Olluquito con charqui. Essa comida leva o Olluco, uma batata que só se encontra nos Andes.


Ceviche: É o prato mais internacionalizado do Peru. O ceviche original peruano conta com dois ingredientes bem típicos do país: o Leche de Tigre e a pimenta Aji Amarillo. Degustação proporciona uma verdadeira explosão do paladar.


Pollo a la Brasa: O segredo desse espetinho está nos temperos do Peru utilizados pelos chefs. Geralmente é acompanhado de batatas e legumes. Pode ser encontrado em restaurantes e em barraquinhas de rua.

Cuy: A aparência pode impactar um pouco. O Cuy nada mais é do que um porquinho da Índia muito popular no Peru. Pode ser servido frito ou assado e, em geral, vem completo no prato: cabeça, patas, orelhas e até os dentes.


Aji de Gallina: É muito apreciado tanto por locais como pelos turistas. Feito à base de frango desfiado e um creme levemente picante, sempre acompanhado de arroz branco ou batata (quando não vem os dois juntos).


Rocoto Relleno: Prato tradicional da região de Arequipa, ‘Rocoto’ é uma variedade de pimenta muito comum nos Andes. Na prática, o Rocoto Relleno é essa pimenta lembra o formato de um tomate e pode ser recheada com frango, carne, queijo ou outros legumes.


Lomo Saltado: Clássico da culinária peruana, o lomo saltado é encontrado a cada esquina e conta com versões bem diversificadas nos restaurantes e nas regiões do país. Mistura fatias de carnes e batatas ao molho shoyu.


Seguem links remissivos a restaurantes em Lima e em Cusco. Segundo a Machu Picchu Brasil, de todos os 50 melhores restaurantes do mundo, três estão em Lima. E o Peru já foi eleito, pela World Travel Awards, como o melhor destino gastronômico do mundo.






Fotos: divulgação

Comments


bottom of page