top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Mês da Conscientização do Autismo abre alerta sobre a influência da alimentação saudável

As atuais abordagens dietéticas recomendam evitar ou eliminar os agentes possivelmente causadores de TEA, e incentivar o consumo de alimentos naturais, eficazes na prevenção e tratamento do autismo. Pensando nisso, a Bio Mundo situada no Assaí SIA promove promoção vitalícia para todos os autistas



Em abril, em homenagem ao mês da conscientização do autismo, a Bio Mundo destaca a unidade do franqueado Eduardo Simões, situada dentro do Assaí SIA, ao lado do Ceasa em Brasília para proporcionar 10% de desconto a todos os portadores do Transtorno do Espectro Autista, a fim de promover ainda mais a conscientização e a busca por uma alimentação saudável.

No mundo, segundo a ONU, acredita-se haver mais de 70 milhões de pessoas com autismo. Já no Brasil, de acordo com a OMS, estima-se que dentre 200 milhões de habitantes, há cerca de 2 milhões de autistas.


Assim como a alimentação saudável é algo fundamental para todos os humanos, essa parcela de 2% da população precisa ainda mais de uma atenção nutricional. A relação entre o autismo e a alimentação tem muito a ver com escolhas inteligentes para que a comida não potencialize efeitos negativos da síndrome.


Não é à toa que o intestino é chamado de “segundo cérebro”. A constante comunicação entre cérebro e intestino através de sinais podem modificar a movimentação, o funcionamento e a sensação de bem-estar do sistema digestivo, assim como, afetar o comportamento, as emoções, o estresse e a dor.  Isso se torna algo determinante quando o assunto são pessoas, jovens ou crianças autistas.


Alimentos à base de glúten, leite e soja são altamente alergênicos, já os processados, ultraprocessados, com alto teor de carboidratos e gorduras são pobres em nutrientes e maléficos para o organismo, os dois em evidências foram classificados como altamente prejudiciais para os portadores do espectro autista. Estudos demonstraram que esses alimentos estimulam a hiperatividade, facilita os casos de diarréia, constipação, refluxo e gastrite, além de serem altamente inflamatórios para o corpo como um todo. 


Especialistas recomendam uma atenção redobrada nesses casos. O incentivo e acessibilidade a produtos mais saudáveis, além de suplementação e uso de probióticos, auxilia na melhora de estereotipias, assim como na saúde e bem-estar. 


Pessoas com TEA, possuem em sua maioria, deficiências de vitaminas e minerais, por isso, a suplementação de micronutrientes também tem sido indicada como uma estratégia promissora. Em pesquisas anteriores, notou-se que a suplementação de ácido fólico, por exemplo, resultou em uma melhora na comunicação verbal de pacientes autistas, enquanto o aumento dos níveis de vitamina C gerou uma redução significativa do estresse oxidativo. 


Pensando em todos esses pontos, Eduardo Silva Simões, natural de Brasília, há aproximadamente 13 anos recebeu o diagnóstico de TEA (Transtorno do Espectro Autista) do seu filho mais novo, João Daniel. 


Ainda despreparado para o desafio, se viu diante das estereotipias e processos que o transtorno apresenta e, para isso, precisou de um acompanhamento médico e nutricional muito direcionado. Seja pela seletividade alimentar de seu filho, ainda que de forma leve, a preocupação em proporcionar saúde, bem-estar e uma alimentação saudável ao seu filho se tornou mais importante. "Sempre fui um pai muito responsável e cuidadoso, me ver em uma situação como essa, apenas me fez intensificar isso," conta o pai.

Nesse meio tempo, se via cliente da Bio Mundo, que foi fundamental nesse processo, tanto por oferecer produtos saudáveis e diversos para compor o prato do seu filho, quanto no quesito suplementação, seja de Vitamina C, D, ômega 3 e muitos outros. A Bio Mundo começou a fazer parte do dia a dia da família e colaborar positivamente com a evolução do João.


Em contrapartida, Eduardo já estava em busca de mudar o rumo de seus investimentos e apostar em um negócio próprio que pudesse trazer maior estabilidade financeira, e por consequência, colaborar com o desenvolvimento do seu filho. 

Influenciado pela família e diante dos resultados positivos, Eduardo decidiu abrir uma unidade da Bio Mundo, mais conhecida por ser uma rede de lojas de produtos naturais e nutrição esportiva, natural de Brasília, com franquias já espalhadas pelo Brasil, possuindo uma vasta gama de produtos, assim como uma preocupação especial por quem possui restrição alimentar, com um vasto portfólio que inclui itens à granel, diet, light, integrais, veganos, sem glúten, sem lactose, funcionais, vegetarianos, que somam em média 3.000 produtos em prateleira e mais de 300 opções de produtos à granel, além das marcas próprias. 


"Conheço a Bio Mundo de Brasília e tive a oportunidade de ver o crescimento da rede de perto. As peças foram se encaixando, aconteceu e hoje tenho a convicção de ter sido uma das mais desafiadoras, mas a melhor escolha que eu poderia tomar, pelo meu filho e pela minha família. Eu vi meu filho evoluindo diante desse processo e isso não tem preço", avalia.


É fato que para funcionar corretamente, o cérebro precisa do melhor combustível disponível no mercado, ou seja, uma dieta saudável e balanceada. Comer alimentos de alta qualidade, que contenham vitaminas, minerais e antioxidantes, nutre o cérebro e o protege do estresse oxidativo - os famosos radicais livres produzidos quando o corpo usa oxigênio. 

Para Edmar Mothé, CEO da Bio Mundo, levar alimentos saudáveis de maneira democrática é um dos principais objetivos da rede. "A Bio Mundo consegue abraçar o cliente e quem precisa de seus produtos. A diversidade, qualidade e democratização de cada item permite alcançar todos os públicos, e ainda, trazer saúde, bem-estar e qualidade de vida para quem os consome. Neste mês, em especial, a Bio Mundo se alegra em poder proporcionar produtos que podem e colaboram com o desenvolvimento positivo dessas pessoas ", destaca Mothé.


Eduardo escolheu transformar a promoção em um critério vitalício da unidade. "Eu sei o quanto esse incentivo é importante, eu também vi o quanto foi necessário eu aprender mais sobre os alimentos e passar isso para o meu filho. Por esse motivo quero proporcionar o mesmo para todos os meus clientes, que assim como meu filho, possuem essa magia de transformar a vida de todos ao seu redor", finaliza Eduardo.

 

Sobre a Bio Mundo


A Bio Mundo, rede de lojas de produtos naturais e nutrição esportiva, foi fundada em 2015, em Brasília, pelo empresário Edmar Mothé ao lado dos filhos Rafael, Bruna e Adriana. Suas filhas, em especial, já consumiam e "faziam parte" do universo mais saudável e fitness, o que colaborou e incentivou o início de toda a criação.

Possui mais de 150 lojas espalhadas em 17 estados do Brasil em apenas 7 anos de história. Conta com 3.000 produtos em prateleira e mais de 300 opções de produtos à granel.

É a vencedora do Prêmio Líderes do Brasil, com case de expansão regional e nacional e dona do Selo de Excelência em Franchising pela Associação Brasileira de Franchising - ABF.


Foto: divulgação

Comments


bottom of page