• Viviane Campos

LENDÁRIOS SAFRA 2020 Miolo Vinhas Velhas Tannat, o filho da terra, do tempo e do homem


Ícone da Campanha Central é elaborado com uvas cultivadas no vinhedo vitis-vinífera mais antigo do Brasil, seguindo o estilo europeu


As vinhas têm 46 anos. O vinhedo de uvas finas é o mais antigo do Brasil, um patrimônio que já se transformou em milhões de litros de vinho e que segue sua jornada atravessando o tempo, desafiando o homem com a bênção da terra. Aprendendo com o terroir da Campanha Central, em Santana do Livramento, a Miolo aprimorou sua habilidade e gerou ali um de seus Sete Lendários, o Miolo Vinhas Velhas Tannat Safra 2020, que retrata a cultura de vinhas velhas da Europa. O rótulo é o quarto vinho a ser lançado da Coleção dos Sete Lendários – The Seven Legendaries of Miolo. Está disponível na loja virtual (www.loja.miolo.com.br) ou pelo tele vendas 0800 970 4165 e nas principais lojas especializadas do Brasil. São 9 mil garrafas.

O solo areno-argiloso de topografia plana com leves ondulações e um clima quente e sub úmido com longas horas de sol é o ambiente perfeito para o cultivo da Tannat que, conduzida em espaldeira se sobressai, elevando o DNA da região para este tipo de casta na região. Assim, a planta concentra açúcares e matéria corante, elevando a carga tânica. A colheita é manual e seletiva com controle de produção de 1 quilo por planta, chegando a 3 toneladas por hectare.

O processo de elaboração deste vinho inicia pela seleção dos cachos, que são desengaçados sem esmagamento. A maceração pré-fermentativa a frio leva uma semana. Já a fermentação alcoólica e maceração são feitas a uma temperatura controlada de 25°C, com gestão da extração fenólica, pigeages e delestages. Para maior extração tânica, a maceração pós-fermentativa dura, em média, de 10 a 15 dias, com longo período de cuvaison (40 dias). Após o descube por gravidade e separação do vinho flor do vinho na prensa, o amadurecimento é feito em barricas novas de carvalho francês por 12 meses, potencializando os atributos da cepa. Persistente, como a casta se comporta, este vinho é robusto e pujante, com alta capacidade de guarda.

“O vinhedo é a nossa fortaleza e este vinho retrata muito bem a excelente adaptação da casta Tannat na Campanha Central, onde ela se revela em sua plenitude. A possibilidade de fazer um vinhas velhas nos moldes europeus nos enche de orgulho. É a materialização de toda nossa tradição no manejo de vinhedos e em extrair o melhor de cada terroir”, celebra o enólogo Adriano Miolo, Diretor Superintendente da vinícola.


O vinho

Límpido e brilhante, este vinho apresenta intensa coloração vermelho profundo, com forte reflexos violáceos e densas lágrimas. Seus aromas densos vão do chocolate ao tostado, perfeitamente integrado com aromas de frutas vermelhas maduras que lembram geleias. De corpo intenso e potente, e taninos maduros e envolventes, traz larguíssima persistência gustativa. Ideal ser degustado com temperatura entre 16ºC e 18ºC.

Pratos requintados a base de cordeiro, carneiro ou carnes de caça, por exemplo, harmonizam muito bem com este vinho, além do tradicional churrasco gaúcho e ossobuco. Queijos maduros de massa dura, como parmesão, pecorino e grana padano são boas dicas.

Coleção Sete Lendários Safra 2020

Os Sete Lendários é tesouro em forma de vinho. São sete ícones da ‘Safra das Safras’, elaborados nos quatro terroirs onde a Miolo Wine Group produz: Vale dos Vinhedos (Miolo), Vale do São Francisco (Terranova), Campanha Meridional (Seival) e Campanha Central (Almadén). A revolução tecnológica, do vinhedo ao varejo, foi presenteada com a mãe natureza que entregou uma safra perfeita. O que era espetacular não apenas se repetiu como se superou, garantindo o ‘bis’ deste projeto histórico.

“A Safra 2020, assim como a de 2018, foi lendária porque superou todas as expectativas nos quatro terroirs. Isso é muito difícil de acontecer e, por isso, precisa ser celebrado da melhor forma que sabemos fazer: elaborando vinhos ícone, que formam uma coleção histórica, para compartilhar com o mercado consumidor o que de melhor o Brasil proporciona.”, destaca o diretor superintendente da Miolo Wine Group, enólogo Adriano Miolo.

OS LENDÁRIOS 2020

  1. Miolo Merlot Terroir – Vale dos Vinhedos (Miolo)

  2. Miolo Testardi Syrah – Vale do São Francisco (Terranova)

  3. Miolo Quinta do Seival Castas Portuguesas – Campanha Meridional (Seival)

  4. Miolo Vinhas Velhas Tannat – Campanha Central (Almadén)

  5. Miolo Sebrumo Cabernet Sauvignon – Campanha Meridional (Seival)

  6. Miolo Lote 43 – Vale dos Vinhedos (Miolo)

  7. Miolo Sesmarias – Campanha Meridional (Seival)

Imagens: Divulgação Miolo