top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Lançamento vinho Porta da Ravessa Vinhas Velhas

A novidade no mercado brasileiro é produzida na região portuguesa do Alentejo pela emblemática vinícola alentejana Adega de Redondo 


Buscar o novo por meio das raízes centenárias da região, no caso, as vinhas e o terroir. Assim, a vinícola Adega de Redondo localizada na região portuguesa do Alentejo lança no mercado brasileiro, mais um vinho da gama premium da marca, o Porta da Ravessa Vinhas Velhas. “Com o rebreading da marca Porta da Ravessa que ocorreu há dois anos, surgiu a necessidade de aumentar a gama dando um leque de oferta mais abrangente, nomeadamente no segmento premium, tendo já sido lançados, com bastante sucesso, por sinal, a edição comemorativa dos 30 anos da marca, Porta da Ravessa Reserva Especial Edição Limitada 30 Anos, e o topo de gama, Porta da Ravessa Grande Escolha. Complementamos agora a gama premium com o Porta da Ravessa Vinhas Velhas, selecionado de entre as vinhas mais velhas das nossas castas autóctones Alicante Bouschet, Trincadeira e Aragonez”, explica Mariana Cavaca, Diretora de Enologia da Adega de Redondo.


Mesmo sendo recém-lançado, o Porta da Ravessa Vinhas Velhas surpreendeu críticos e já conquistou prêmios, incluindo o do concurso Mundus Vini Summer Edition 2022, realizado na Alemanha.



Características:


De cor rubi concentrado, limpo, no aroma o Vinhas Velhas é elegante com predominantes notas de frutos negros maduros, tostados delicados e no paladar é equilibrado e bem estruturado, com o carvalho integrado deixando uma persistência de especiarias na boca. “É um vinho fiel à mais pura tradição alentejana. Distinto, intenso e complexo, com estágio de 12 meses em barrica, o que lhe confere mais valor e temos certeza de que o Vinha Velhas proporcionará excelentes momentos de degustação aos nossos consumidores”, completa a Enóloga.

 

 

Região e Terroir

 

A sub-região de Redondo no Alentejo, onde está localizada Vinicola, é influenciada de forma determinante pela Serra d’Ossa, que se eleva a 600 metros de altitude. O seu relevo protege as vinhas dos ventos dominantes e proporciona um clima mediterrâneo/continental marcado por invernos frios e secos e verões quentes. E determinante na qualidade das uvas e dos vinhos produzidos na Adega de Redondo, permitindo a ocorrência de maturações mais equilibradas e, consequentemente, a produção de vinhos brancos citrinos, muito frescos e aromáticos, bem como vinhos tintos muito agradáveis e suaves para serem consumidos enquanto novos, mas também a produção de vinhos mais estruturados e concentrados com um bom potencial de envelhecimento. Os solos são variados, predominando os afloramentos de granito e xisto. Pela pouca humidade e muitas horas de sol, é pouco suscetível às pragas da vinha, tornando-se particularmente adequado ao desenvolvimento de uma viticultura sustentável, assente na biodiversidade e proteção ambiental. E nas mãos da enóloga, Mariana Cavaca, responsável pela equipe de enologia da marca, o resultado são vinhos de personalidade e que agradam a todos os estilos de mercado.

 

A Adega de Redondo é membro do Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo. Destinado a todos os rótulos de sua produção que engloba, marcas, como Real Lavrador, da nossa marca premium AR com vinhos exclusivos, do Terras Lusas lançado no Brasil em 2021 e com crescente distribuição e sucesso, o Maré Viva que vai consolidando a sua presença e as demais marcas também com presença no Brasil: Albarrada, Anta da Serra e Castelo de Alandroa, além da icônica Porta da Ravessa, nome que se tornou autêntico embaixador da qualidade e genuinidade dos Vinhos do Alentejo e consagrou a empresa como uma das mais consagradas da Europa.

 

 

Saiba mais em: Porta da Ravessa https://www.portadaravessa.com/ Adega de Redondo https://www.adegaderedondo.com

Siga-nos em: @porta_da_ravessa //  @adegaderedondo


Foto: divulgação

Comments


bottom of page