• Viviane Campos

Kinjo abre as portas no CasaPark


Novidade da grife gastronômica com assinatura do chef Marco Espinoza terá inspiração na gastronomia Nikkei


Novidade no cenário gastronômico da cidade, e com a assinatura do chef peruano Marco Espinoza, o Kinjo Nikkei abre as portas no Shopping CasaPark. Com projeto do Lee Arquitectos, estúdio de arquitetura do Peru responsável pela elogiada identidade do Cantón, a casa será dedicada à gastronomia Nikkei, fusão culinária que combina ingredientes clássicos e de alta qualidade, transformando os pratos peruanos, ao usar sabores e técnicas japonesas.

O Kinjo é a sexta operação gastronômica de Espinoza na cidade, e será a quarta em sociedade com o seu braço-direito na cozinha em Brasília, o chef Carlitos Apolinario, seu compatriota. Quem vai comandar a cozinha do local será o chef peruano Rom Castillo, com experiência em culinária Nikkei e passagens por Peru, Chile, Equador e que, agora, se dividirá entre São Paulo e Brasília.


No menu, Sashimis e Nigiris variados de atum, salmão, polvo, camarão e vieira canadense. Também, os famosos e premiados Ceviches, em sabores como Clássico (peixe branco, lula, leite de tigre e batata camote); Kunsei (atum na brasa, cebolinha, nori crocsante e molho ponzu) Wasabi (frutos do mar, molho wasabi cítrico e furikake) e Kinjo (atum ou salmão, kyuri e quinoa com molho cítrico).



Ussuzukuris diversos como Tataki (atum selado, molho kaki, furikake e cebolinha); Shake Truffle (barriga de salmão maçaricada, óleo trufa e raspa cítrica) e Tako Olivo (polvo grelhado, tartar de azeitona, guacamole e furikake). Destaque para os Nigiris Kinjo Style, duplas exclusivas como o Andino (atum, aji amarelo, togarashi e quinoa); Hotet truffel (vieira, trufa, sal, maldom e limão); Parma (peixe branco, parmesão, gengibre e togarashi) e Djo com Ovo de Codorna (salmão, gema de ovo de codorna, trufa e cebolinha).

Ainda, Makimono em seis ou 10 peças de sugestões como Tuna Spicy (tartar de atum, óleo de gergelim e cebolinha); Kinjo Maki (camarão, salmão, queijo cremoso, limão e molho teriyaki) e Quinoa (camarão bata, caranguejo, quinoa e togarashi).


Para petiscar, Nikkei Izakaya, como Gyoza Buta (cerdo confitado, legumes e molho huancaína); Kazan Shrimp (camarões crocantes com molho cremoso spicy) e Causita Tako (batata panko, tartar de polvo, cebola e crispy).


A casa também oferece opções de pratos principais individuais, como Yasai (vegetais ao wok, molho de ostras) de Filé Mignon, Camarão, Peixe do dia ou Vegetariano; Niku Lima (filé mignon, cebola, batata e teriyaki limeño); Tuna Quinoa (atum grelhado, purê de misso e cogumelos defumados); Kinjo Ramen (caldo grosso, feijão chinês, ovo e porco char siu; Tako Parrillero (polvo grelhado com chimichurri e molho de pimenta amarela). Yakisobas de sabores variados e Taiwoks também estão entre as sugestões.



De sobremesa, Cookie Ice Cream (com sorvete e chocolate de matcha e calda especial) e Tres Leches Nikkei (bolinho de laranja embebido em três leites com sorvete de gengibre).

Na carta de drinques, opções autorais como Smoked Bourbon (Jack Daniels, dranbuie e canela); Kinjo (saquê, polpa de manga, xarope de pimenta e gengibre); Coffee Martini (café, run, baunilha e xarope); Grape Pisco (pisco macerado, suco de grapefruit e xarope de clara e ovo) e Frozen Tea (suco de laranja, tequila, maracujá, xarope e chá).

Em menos de um ano o chef Marco inaugurou três restaurantes. Depois do Cantón, aberto em junho de 2021, ele aportou com duas operações no recém-aberto complexo gastronômico Mané: Lima Cozinha Peruana e Meu Galeto Assado na Brasa. O premiado Taypá - que deu início a trajetória de sucesso do chef em Brasília -, está completando 11 anos. Já o vizinho Sagrado Mar, chega aos dois este ano.

“Estamos muito felizes em chegar em um local como o Casa Park. Preparamos tudo com muito esmero.”, diz Marco Espinoza. Além das seis operações gastronômicas em Brasília, o chef está à frente de cinco no Rio de Janeiro e duas em São Paulo. Em breve virão mais. A pandemia não encolheu os planos de expansão de Espinoza.

Sobre o chef Marco Espinoza

O chef peruano Marco Espinoza é um expoente da gastronomia no Brasil ao fundir a cozinha contemporânea com elementos, produtos, e temperos tipicamente peruanos com novas técnicas de preparo. Espinoza mudou-se de Lima para Buenos Aires aos 19 anos. Formou-se chef pelo I.A.G (Instituto Argentino de Gastronomia) e foi chef executivo da embaixada peruana na Argentina, de onde saiu para ficar à frente do restaurante Bardot, em Palermo. De lá seguiu para as principais cozinhas portenhas antes de fixar-se em Brasília para fundar em junho de 2010, o premiado Taypá. Na capital do país é sócio também do Sagrado Mar, Lima Cozinha Peruana, Meu Galeto, Cantón e o mais recente, Kinjo. Em 2013 fincou território no Rio de janeiro para estar também à frente do Lima Cozinha Peruana, que em 2015 foi reconhecido pelo Guia Michelin Brasil com o mérito Bib Gourmand (hoje com unidades em Botafogo, Laranjeiras, Niterói e Tijuca), El Chaco Parrilla (Maracanã) e Cantón, em Copacabana. A grife gastronômica com a marca Marco Espinoza está também em São Paulo com Cantón e El Chaco. O chef comandou a cozinha da Casa do Peru, sucesso gastronômico nas Olimpíadas Rio 2016. Com o Taypá foi reconhecido pelo governo do Peru como o ‘Melhor Restaurante Peruano no Brasil’ e agraciado com uma medalha pelo seu talento e excelente trabalho realizado no restaurante.

Kinjo Nikkei

Shopping CasaPark – Térreo – loja 150

@kinjonikkei.br


Fotos: Gui Teixeira