top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Franquia em defumação de carnes nos EUA quer se tornar a maior rede de smokehouse do Brasil


Único país na América Latina a integrar a rede Dickey's Barbecue Pit, de 1941, Brasil deve chegar a 55 lojas nos próximos 10 anos



Que o brasileiro é apaixonado por churrasco, todo mundo já sabe. Seja no estilo gaúcho, com a peça inteira no espeto, ou paulista, conhecido pelos cortes na grelha, a tradição de apreciar carnes deliciosas com amigos e família é centenária e recebe anualmente milhares de adeptos para profissionalizar e desenvolver sabores cada vez melhores. Entretanto, a nova febre gastronômica que tem feito a cabeça do público na maior metrópole do país vem de longe: a mais de 8 mil quilômetros, diretamente de Dallas, nos EUA. Respeitando o melhor estilo texano, a Dickey’s Barbecue Pit é uma rede de restaurantes pioneira em carnes defumadas que, desde 2021, vem apresentando ao paulistano um jeito diferente de comer churrasco. 


Com uma loja em operação e outras três confirmadas até dezembro, a franquia prevê faturamento de R$7 milhões em 2023 e calcula chegar a 55 unidades na próxima década, tornando-se a maior rede de smokehouse em território nacional. Em todo o mundo, já são mais de 600 restaurantes em oito países, sendo o Brasil o primeiro na América Latina. Por aqui, a marca foi trazida pelos sócios Cyro Xavier, Bruno Gallucci e Arthur Fumis há dois anos. Em 2022, juntou-se ao time o empresário Antônio Augusto Ribeiro de Souza, através da holding Antaris Franchising, agora responsável pela expansão da Dickey’s Barbecue Pit no Brasil. Com três décadas de experiência no segmento de alimentação, Augusto está à frente também da rede americana de hamburguerias Johnny Rockets e as nacionais Boulangerie Carioca e Cuor di Crema. 


Em 2022, comprada pela holding Antaris Franchising, a Dickey’s Barbecue Pit Brasil ganhou como CEO o empresário Antônio Augusto Ribeiro de Souza, que acumula três décadas de experiência no segmento de alimentação e à frente também da versão nacional da rede americana de hamburguerias Johnny Rockets e as locais Boulangerie Carioca e Cuor di Crema. 


No cardápio, o público pode descobrir a singularidade da defumação lenta, em ciclos de 10 a 12 horas, que contribuem para a maciez e sabor específico dos pratos. Entre as opções bovinas, destaque para o brisket, corte do peito preparado sem contato direto com o fogo, em ambiente fechado, permeado pela fumaça da lenha. Já se a ideia for conhecer peças suínas, as costelinhas ao molho barbecue são o charme da casa, além do pulled pork, carne desfiada a ponto de desmanchar, utilizada para recheio de sanduíches e acompanhamento de pratos. Aos amantes do futebol americano, o clássico prato de asinhas de frango com molhos diversos, tradição do Superbowl e demais jogos importantes, é outra especialidade do local. 


Símbolo nacional da franquia nos EUA, o típico yellow cup, ou copo amarelo, está disponível também no Brasil. Nas versões de 1 litro “Big Yellow Cup” (com refrigerantes, chás e lemonades) e “Big Yellow Chopp”, destinado a quem deseja harmonizar carnes e cerveja, o recipiente pode ser colecionado pelos fãs da marca. O menu conta, ainda, com outros snacks, como burritos, batata recheada, o ianque mac&cheese e muito mais. Há, ainda, a possibilidade de experimentar o peculiar feijão texano, de sabor adocicado e único. Destinado a todos os públicos e faixas etárias, o restaurante também conta com cardápio kids e inúmeras sobremesas. 


Para Antônio Augusto, a experiência do churrasco texano é ímpar e ainda inexplorada pelo brasileiro. “São sabores que não tínhamos acesso por aqui há alguns anos. Cortes fora do repertório nacional preparados de maneiras totalmente inusitadas. O cozimento lento e a defumação fazem toda a diferença no resultado, que é inexplicável e impossível de reproduzir sem os segredos da franquia”, explica. 


Em 2022, o pitmaster do Dickey’s Barbecue Pit Brasil, Thiago Pattas, ficou em segundo no concurso Meatstock BBQ Wars, que reuniu os maiores churrasqueiros do país e 30 mil espectadores em Sorocaba (SP), além de integrar a relação exclusiva de fornecedores nos shows da banda britânica Coldplay, em São Paulo.


Foto: divulgação

Comments


bottom of page