top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Don Melchor 2021 comemora seu 35º aniversário de safra

Das mãos de seu enólogo Enrique Tirado, o Cabernet Sauvignon ícone de Puente Alto chega ao mercado para comemorar seu 35º aniversário de safra: Don Melchor 2021, um vinho que expressa toda a energia e delicadeza de sua origem


Foto: divulgação


Don Melchor, o primeiro vinho ícone da indústria chilena e verdadeira referência entre os vinhos de alta gama no mundo, está lançando a safra 2021. Essa safra reflete fielmente sua origem, Puente Alto, e o trabalho rigoroso por trás do vinho, baseado na profunda dedicação das equipes agrícola e enológica, lideradas pelo CEO e enólogo Enrique Tirado, para compreender cada detalhe do terroir e obter sua melhor expressão.  

O vinhedo Don Melchor está localizado na aclamada denominação de Puente Alto, no vale do Alto Maipo, e localiza-se no sopé da cordilheira dos Andes, a 650 metros de altitude, no terceiro terraço norte do rio Maipo. É formado por 127 hectares, que em sua grande maioria correspondem a Cabernet Sauvignon (90%), enquanto a área restante está dividida em Cabernet Franc (7,1%), Merlot (1,9%) e Petit Verdot (1%). Atualmente o vinhedo antigo, que corresponde a 72% das parcelas, atinge uma média de mais de 35 anos de antiguidade.  


Don Melchor comemora a 35ª safra


A safra 2021 do Don Melchor é composta por 93% de Cabernet Sauvignon, 4% de Cabernet Franc e 3% de Merlot, e estagiou 15 meses em barricas de carvalho francês, das quais 68% eram novas e 32%, de segundo uso. O resultado é um vinho de grande complexidade aromática, com frutas vermelhas e frutas silvestres pequenas, combinadas com notas florais de violeta, além de uma grande amplitude e textura aveludada. Seu final é longo e expressivo, e revela fielmente a finesse e a energia do terroir no vinhedo Don Melchor, situado na aclamada denominação de origem Puente Alto. 


“Esta nova safra do Don Melchor demonstra, com certeza, o grande potencial alcançado pelo nosso terroir único na denominação de origem Puente Alto. O Don Melchor 2021, apesar de refletir fielmente as condições climáticas excepcionais e o manejo agroecológico de precisão, reflete a maturação e a excelência de toda uma equipe comprometida com a elaboração de um vinho de classe mundial. Acredito que o grande sucesso desta safra se deve à capacidade que tivemos de compreender a evolução da maturação no vinhedo e transmiti-la na vinificação, para extrair a melhor expressão de energia e fineza nos vinhos”, comenta Enrique Tirado.  


Quanto ao clima, a safra 2021 foi mais fresca durante o período de maturação, com uma temperatura média que atingiu 17,6 °C entre janeiro e abril –inferior à média histórica de 18,0 °C para este período de maturação. A precipitação foi de 249,1 mm no total, inferior ao histórico de 335 mm. No entanto, as precipitações ocorreram nos momentos precisos da temporada.  


Estas condições favoreceram a produção de vinhos muito bem equilibrados entre frescor, energia e, por outro lado, a finesse típica do terroir de Puente Alto. Esta nova safra é outra evidência de que Enrique Tirado, em conjunto com toda a equipe que trabalha por trás deste grande vinho, souberam encontrar o equilíbrio perfeito entre a energia da expressão do vinhedo e a finesse tão própria do terroir de Puente Alto. A 35ª safra do Don Melchor já está disponível no Club da marca. Para comprá-lo acesse www.clubedonmelchor.com.br.

Comentarios


bottom of page