• Viviane Campos

DIRECTO DEL VIÑEDO VENDIMIA 2021 EN LATINOAMERICA


Encontro estreia com um público de quase mil pessoas

Enologia aproximou profissionais da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Peru e Uruguai para falar da viticultura nos diferentes terroirs da América Latina


Numa iniciativa inédita, um grupo de técnicos de Viticultura e Enologia da América Latina se uniram para falar da qualidade e da diversidade da safra e dos vinhos elaborados nesses terroirs. A distância de até 3 mil quilômetros entre eles, não impediu que enólogos da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Peru e Uruguai se encontrassem de modo on-line para compartilhar suas experiências e conhecimento. O encontro ‘Directo del Viñedo Vendimia 2021 en Latinoamerica’ aconteceu nesta quarta-feira, 14 de julho, no Canal da Associação Brasileira de Enologia (ABE) no Youtube.

O presidente da ABE, enólogo André Gasperin, que participou da ação direto de Bento Gonçalves, destaca a importância de ter sido o primeiro movimento em comum dos profissionais do setor da América Latina. “Há muito tempo queríamos promover este tipo de discussão na busca de avanços para o setor. Discutíamos essa possibilidade no G4, que integra Associações de Enólogos da Argentina, Brasil, Chile e Uruguai. E foi justamente após um ano de pandemia, onde as pessoas se privaram dos contatos presenciais, que encontramos formas de estarmos próximos, mesmo que distantes. Demos o primeiro passo. Agora, esperamos que o projeto ganhe força e prossiga nos próximos anos, seja ele virtual ou presencial”, comentou.

Para o coordenador do Grupo de Associações da América Latina, enólogo uruguaio Fernando Pettenuzzo, que mediou o encontro, o evento atingiu repercussão internacional, oferecendo uma grande oportunidade de saber como foi a vindima de 2021 nesses seis países; “Estou muito contente. Estamos falando de um evento sem precedentes, que marca a história da vitivinicultura da América Latina, assumindo um compromisso de trabalhar para que a segunda edição aconteça em 2022. Agradeço o trabalho de equipe de todos os envolvidos no comitê organizador, que ajudaram a realizar um sonho. Que mais países venham a participar deste grande projeto, expressando o que a vindima é em cada lugar”, comemorou.

Quase mil pessoas acessaram a live, que foi aberta ao público, tendo, inclusive, espectadores de outros países, como Portugal, por exemplo, além de técnicos de diversas regiões brasileiras e dos demais países participantes. O conteúdo está disponível no canal, podendo ser acessado a qualquer momento. Foram 12 profissionais, dois de cada país, mediados por Pettenuzzo. Um estúdio montado em Bento Gonçalves, cidade sede da ABE, reuniu o presidente, enólogo André Gasperin, e o conselheiro Juliano Perin, centralizando o controle técnico da operação. Os demais participaram direto de seus países.

O evento contou com o patrocínio da Fermentis by Lesaffre, que desenvolve, produz e comercializa leveduras inovadoras enológicas, além do apoio da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV).

PARTICIPANTES:

ARGENTINA

ABEL FURLÁN – Presidente da Associação de Profissionais em Enologia e Alimentos da Argentina (Apeaa)

MIGUEL CODATTO - Diretor da Apeaa

BOLÍVIA

GERARDO AGUIRRE ULLOA – Presidente da Associação Nacional de Enólogos da Bolívia (ANEB)

FERNANDO GALARZA CASTELLANOS – Gerente da Associação Nacional de Indústrias Vitivinícolas (ANIV)

BRASIL

ANDRÉ GASPERIN - Presidente da Associação Brasileira de Enologia (ABE)

JULIANO PERIN - Diretor e Conselheiro da Associação Brasileira de Enologia (ABE)

CHILE

ADRIANA CERÓN ARAYA – Presidente da Associação Nacional de Engenheiros Agrônomos Enólogos de Chile

SERGIO HORMAZÁBAL – Criador do grupo colaborativo Maiporigen do Vale del Maipo

PERU

JOSÉ CARLOS FALCONÍ MOYANO – 1º Membro da Associação Peruana de Enólogos

ALAN WATKIN SEJURO – Presidente do Comitê Vitivinícola da Câmara de Comércio e Indústria de Ica

URUGUAI

RICARDO CABRERA – Presidente do Instituto Nacional de Vitivinicultura – Vinhos do Uruguai (Inavi)

EDUARDO BOIDO – Doutor em Enologia, professor da Escola de Vitivinicultura do Uruguai e diretor técnico da Bodega Bouza

Mediação: FERNANDO PETTENUZZO, enólogo uruguaio Coordenador do Grupo de Associações da América Latina


Foto: Divulgação ABE