• Viviane Campos

Conjunto Nacional revitaliza fachada e inaugura novo espaço ao ar livre


As obras, que fazem parte das celebrações dos 50 anos do shopping, trazem modernidade às fachadas do emblemático edifício e criam um novo espaço de lazer



Em novembro, o segundo shopping inaugurado no Brasil, o Conjunto Nacional, vai completar 50 anos renovado. Na última quarta-feira (05/05), a Ancar Ivanhoe, empreendedora do shopping, iniciou as obras de retrofit do prédio que vão complementar a icônica fachada frontal, um dos cartões postais e parte do projeto do Plano Piloto de Brasília, tombado pela UNESCO como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade.

Ao todo, serão investidos cerca de R$14 milhões na obra que vai abranger as fachadas oeste, norte e sul (laterais e fundos) do shopping, incluindo paisagismo, melhoria das rampas de acesso e marquises. As obras terão duração de cinco meses e serão gerados mais de 100 empregos durante todo o ano.

O projeto ainda inclui a substituição dos brises metálicos e intensificação da iluminação, bem como a readequação de espaços internos para a chegada de novos players, como o restaurante Outback, que será inaugurado no início do segundo semestre, e a renovação de operações atuais, como a nova e ampliada loja Centauro, conceito G5, explorando mais a tecnologia para a experiência do Cliente.

Segundo o superintendente do Conjunto Nacional, Giuliano Bragaglia, o grande desafio foi elaborar um projeto que modernizasse o shopping sem deixar de manter a essência arquitetônica do prédio, que é um marco comercial e afetivo para a cidade. “Nesta nova proposta, a fachada posterior do shopping vai remeter às formas geométricas tão emblemáticas representadas nas obras de Athos Bulcão, reforçando a identidade modernista do empreendimento”, comenta Bragalia.

O projeto é de Eduardo Mondolfo, que trabalhou com arquitetos renomados como Oscar Niemeyer e João Filgueiras Lima e projetou, entre outros, o Shopping Leblon e o Hotel Fasano, ambos no Rio de Janeiro. “Comemorar os 50 anos do shopping, juntando o traço inicial da cidade de Lúcio Costa, à ideia de composição da azulejaria de Athos Bulcão, nos parece uma forma emblemática de resgate cultural da importância do shopping no conjunto urbanístico de Brasília”, disse Mondolfo.



Novo espaço ao ar livre


No mês em que o retrofit da fachada se inicia, o 3º Piso, ainda pouco conhecido pelo público do Conjunto Nacional, ganha um novo espaço de lazer na Ala Sul com uma opção para alimentação ao ar livre, conectado à atual Praça de Alimentação. É um ambiente com proposta diferente a Praça de Alimentação, e com potencial para novos eventos, em breve.

Com 406m² e um investimento de mais de 500 mil reais, o espaço é dividido em três decks suspensos e complementa a Praça de Alimentação com 164 assentos distribuídos em 52 novas mesas instaladas respeitando o distanciamento recomendado pelas autoridades de saúde.

“A melhoria de nossos ambientes é uma preocupação constante, assim como a renovação do mix. Nossa expectativa é inaugurar mais de 15 novas marcas ao longo deste ano, e juntamente com as modernizações previstas para o equipamento manter o Conjunto Nacional cada vez mais relevante para os brasilienses”, conclui Bragaglia.


Fotos: divulgação