• Viviane Campos

Com mercado em expansão, dias frios aquecem as vendas de vinhos brasileiros


Inverno representa 20% dos negócios da Vinícola Aurora. Líder nacional na categoria de vinhos finos, 80% dos rótulos comercializados no período pela empresa são de tintos. Melhor exposição dos produtos e atendimento especializado podem ajudar a incrementar os ganhos no varejo



O interesse dos brasileiros por vinhos vem aumentando nos últimos anos. A barreira de consumo de 2 litros per capita no país foi rompida durante a pandemia e segundo dados da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) já chega a 2,6 litros no ano. Alguns fatores como o reconhecimento cada vez maior da qualidade e diversidade dos rótulos verde-amarelo e a alta do dólar contribuem para que o setor nacional conquiste novos goles. De acordo com a União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra), em 2021, os vinhos finos tranquilos tiveram uma expansão de 11,43% comparado ao ano anterior e de 73,22% frente a 2017. Os espumantes também cresceram 38,50% em 2021 e nos últimos cinco anos ampliaram em 31,42% sua representatividade. Como maior vinícola do país, em volume e estrutura, a Aurora tem trabalhado para democratizar e popularizar a cultura do vinho, apoiando iniciativas setoriais, oferecendo uma ampla gama de produtos para as mais diversas faixas de renda e nichos de mercado. São mais de 220 itens, divididos em 14 linhas, comercializados para todos os estados brasileiros e Distrito Federal, além do Exterior.A Aurora também detém mais de 30% do market share em vinhos finos nacionais, sendo os atacados, varejos e distribuidores os principais canais de venda da marca. Por ano, a companhia envasa mais de 80 milhões de litros de vinhos e espumantes.“As principais estratégias da Aurora estão ligadas à qualidade, que já começa na matéria-prima, à tecnologia utilizada no campo e na indústria, à inovação na elaboração de produtos, com média de cinco lançamentos por ano, e aos canais de comercialização junto aos nossos parceiros. Procuramos oferecer um atendimento especial, de acordo com cada praça e cada perfil de consumidor, e os resultados deste trabalho tem sido ótimos”, destaca Hermínio Ficagna, diretor superintendente da Vinícola Aurora.Apesar dos produtos vinícolas não serem sazonais, com possibilidades de consumo em qualquer época do ano, as temperaturas são fatores que ajudam a impulsionar as vendas de determinados produtos, como os vinhos tintos no inverno. Na Aurora, a estação mais fria representa 20% do total de negociado no ano. Durante a época, 80% das comercializações são de vinhos tintos, 16% de brancos e outros 4% de rosés.  “Os brasileiros ainda associam a bebida aos dias frios, mas percebemos um aumento dos vinhos brancos e espumantes durante todo o ano, e não somente aos meses de calor, como em épocas passadas. O espumante, por exemplo, é a categoria que mais deve crescer em 2022, com uma estimativa de 20%. O brasileiro está descobrindo o espumante brasileiro, e está gostando muito. Ele deixou de ser consumido apenas nas celebrações”, festeja Ficagna.


Frio é o maior vendedor


Pesquisa da Horus, empresa de análise de mercado que traça tendências a partir da análise das notas fiscais emitidas no varejo, mostra que o espaço do vinho nos carrinhos subiu mais de 50% em 2021. O pico de consumo na cesta de compras foi de 18%, justamente nos meses frios de junho e julho. “A exposição do produto no ponto de venda faz bastante diferença na hora da compra. Em períodos cíclicos, como o inverno, por exemplo, atrelar o vinho a outros produtos consumidos nesta época do ano gera resultados expressivos para ambas as categorias: a venda de queijos pode ser incrementada com a de vinhos, assim como de itens da charcutaria, carnes, caldos para sopa, chocolates e outros itens que amenizam o frio. Outro ponto que pode ser pensado é o fato de as pessoas ficarem mais em casa, então a venda de vinhos em supermercados costuma ter um acréscimo expressivo quando aliada a este hábito”, salienta o diretor superintendente da Vinícola Aurora. 


Dicas para incrementar as vendas no inverno


Confira algumas dicas que a equipe de Merchandising da Vinícola Aurora separou para ajudar nas vendas de inverno:    

      ·        Tenha uma área de vinhos bem sinalizada e com a divisão dos tipos de vinhos e regiões produtoras. Sempre que possível coloque orientações extras, de fácil entendimento, com indicações de temperatura de serviço, com o que servir e até tipos de taças.

·        Tradicionalmente, no inverno, os vinhos mais procurados são os de variedades de uvas tintas. Invista na diversidade de opções, mas nunca esqueça das clássicas Merlot (de fácil combinação com alimentos) e Cabernet Sauvignon (que harmoniza com comidas mais pesadas e gordurosas, típicas dos dias frios).

·        Monte ilhas e pontos extras de exposição em locais estratégicos, próximos a queijos, massas, mercearia e hortifrútis.

·        Leve o vinho para outros pontos da loja, explorando promoções e datas comemorativas.

·        Realize degustações em pareceria com as vinícolas ou utilizando um funcionário da loja que seja bem treinado para vinhos.

·        Aumente o espaço nas gôndolas, isso dará maior visibilidade e proporcionará maior giro do produto.

·        Disponibilize espumantes, vinhos brancos e rosés e frisantes em geladeiras.

·        Ofereça embalagens especiais para os vinhos, tornando-o ainda mais atrativo para presentear. 


FOTO

Créditos: Zéto Telöken/Vinícola Aurora