top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Chocolat Festival Portugal retorna à Vila Nova de Gaia

O Festival Internacional do Chocolate e do Cacau já soma mais de 30 edições. A abertura oficial acontecerá no dia 19 de outubro 



Crédito: WOW Porto


Depois do grande sucesso da primeira edição europeia, que contou com mais de 50 mil pessoas, o maior evento de chocolate e cacau da América Latina volta a ocupar o WOW, em Vila Nova de Gaia, dos dias 19 a 22 de outubro. O Chocolat Festival Portugal reúne atrações para todos os gostos: degustações, mercado, espaço infantil, showcookings, palestras, workshops e shows. A entrada é gratuita.

 

o Chocolat Festival Portugal é um evento com várias atrações em lugar só. Você encontrará chefes esculpindo esculturas de chocolate ao vivo, degustação de algumas das principais marcas do planeta, uma Chocoland para crianças e espaços para discutir temas como harmonização com vinho ou café e modelos agroflorestais de cacau. Nesta edição, serão 15 showcookings, 11 workshops, além de 10 painéis no Fórum Internacional do Chocolate e Cacau. Todas as ações serão comandadas por grandes especialistas de países como Portugal, Brasil, França, Bélgica, Dinamarca, Reino Unido, Venezuela e Costa Rica, entre outros. 


“É um orgulho receber o Chocolat Festival no WOW. Estou seguro de que o nosso Museu do Chocolate é um dos melhores do mundo. A marca que produzimos – a Vinte Vinte, é de chocolate feito do Porto para o mundo e tem como missão agregar valor e aumentar a expansão do chocolate bean-to-bar. Acredito que somos os anfitriões certos para este festival e queremos ser a força motriz que ajuda a elevar o posicionamento do cacau e do chocolate de origem na Europa”, conta Pedro Araújo, criador do Museu do Chocolate no WOW e da marca Vinte Vinte, e também copromotor do festival.  


“Realizar o Chocolat Festival na Europa tem um propósito bem definido: criar a conexão direta entre todos os elos da cadeia produtiva do chocolate de origem ao consumidor final. O festival fortalece a cultura e o trabalho por trás do 'fruto de ouro' ou 'alimento dos deuses', como o cacau também é conhecido, expandindo o conhecimento sobre as delícias derivadas do cacau e promovendo as marcas de origem, as pequenas indústrias, o agronegócio, o turismo, os benefícios para saúde e a gastronomia. O Chocolat Portugal é uma celebração que transcende fronteiras e culturas, e vai unir os amantes do chocolate de todo o mundo em torno de uma paixão compartilhada”, acrescenta Marco Lessa, criador do Chocolat Festival, que está na sua 33ª edição. 



A definição de terroir e o sentimento de pertencimento” 


No centro das conversas e discussões deste ano estará a temática “A definição de terroir e o sentimento de pertencimento”. O terroir é o elemento fundamental que une o cacau, o vinho do Porto e o café. 


Vários profissionais e especialistas participarão do festival. Entre eles, podemos destacar Chloé Doutre Roussel (França), reputada consultora de várias marcas bean-to-bar (modelo de comércio no qual um fabricante de chocolate gerencia a produção do chocolate desde a origem dos grãos até a fabricação do produto final para os consumidores), jurada nos importantes Academy of Chocolate Awards, no Northwest Chocolate Festival, e membro do Conselho Consultivo da Fine Chocolate Industry Association (FCIA). Spencer Hyman (Reino Unido), fundador da Cocoa Runners e grande promotor do chocolate bean-to-bar no continente europeu é uma presença confirmada no festival. Mikkel Friis-Holm (Dinamarca), um dos mais antigos e conceituados chocolateiros bean-to-bar. María Jiménez (Costa Rica), que trabalha com uma das mais antigas distribuidoras de cacau fino da Europa – a Daarnhauwer & Co. Além disso, é especialista em análise sensorial do cacau e membro do ilustre painel da Fine and Flavour da International Cocoa Organization (ICCO). 


Outra novidade é a transmissão ao vivo de todas as palestras do Fórum Internacional do Chocolate e Cacau e de todos os showcookings, de forma a reforçar o posicionamento internacional do festival. 

  

Showcookings gratuitos e feira de chocolate 


Nos showcokings vão marcar presença nomes conhecidos como Iván Pascual (Espanha), chef campeão do mundo nos World Chocolate Masters 2018; Francisco Siopa (Portugal), chef executivo do Penha Longa Resort, da rede Ritz-Carlton; e a ainda Ricardo Costa (Portugal), chef executivo dos restaurantes do The Yeatman Hotel.


Marcas que estarão presentes no festival: Amuzi Distillery, Be Glad, Feitoria do Cacao, MySugar, Selmi Portugal e Vinte Vinte, de Portugal; Abelha Cacau, Baianí Chocolates, Cacau do Brasil, Chocolate Moro, De Mendes, Estilo África, Kaitxo, Leyenda, Mestiço Chocolate, Natucoa, Kankel, de Espanha; Cacauway, ChOr, Da Cruz Chocolates, Melinda e Samborá, Miroh!, Terruá Tuerê e Yrerê, do Brasil; Chocolarder, Tosier, Firetree Chocolate e Cocoa Runners, do Reino Unido; Karuna Chocolate e Packint, de Itália; FJAAK Chocolates, da Noruega; Neary Nógs, da Irlanda; Manoa Chocolate, do Hawai; Qantu Chocolate, do Canadá; Hasnaa, de França; Cocoa Town, dos EUA; Daarnhouwer, da Holanda; e Consulado do Equador. 


A programação completa do festival está disponível aqui: https://chocolatportugal.pt/pt/programa-2023/

  

Sobre o Chocolat Festival: 


Originado da América Latina, o Chocolat Festival é realizado desde 2009, sendo considerado o maior evento de chocolate e reúne toda a cadeia produtiva do cacau, desde o fruto até o produto final. Já são mais de 30 edições realizadas entre Bahia, Pará e São Paulo, levando diversas marcas de chocolate de origem, bean-to-bar, premium e gourmet. Chega agora à Europa, em Vila Nova de Gaia, em Portugal, numa coorganização com o WOW. 

bottom of page