top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Chapada dos Veadeiros atrai turistas pelas belezas naturais e gastronomia

Região também é conhecida pelo turismo de luxo, que está em alta e cresceu 11% em 2021



O turismo de luxo está em alta no país.  Em 2021, o segmento registrou um crescimento de 11% no volume de vendas e 52% no faturamento dos hotéis em relação a 2019, antes da pandemia, segundo a Brazilian Luxury Travel Association. Cerca de 90% da demanda veio do mercado interno. E esses números tendem a aumentar em 2022. Um dos destinos que tem atraído a atenção do público é a Chapada dos Veadeiros, em Goiás. Seja em busca de passeios, contato com a natureza ou pela gastronomia. A estimativa é que a região gere R$ 92 milhões por ano.


De Goiânia, a entrada do parque, em São Jorge, fica a 460 Km. De Brasília, a distância é ainda menor, de 260 Km. Para quem viaja para a região, um dos locais que merece uma visita é o restaurante Rústico Premium Grill. “O restaurante é praticamente a porta de entrada para a Chapada dos Veadeiros. Além dos pratos, que trazem sabores especiais, a casa tem um espaço que permite esse contato com a natureza”, explica a empresária Carla Vasconcelos.

Criado em 2017, o restaurante surgiu da ideia de reunir o melhor da gastronomia rústica, coquetelaria e música nacional em um só lugar. No cardápio, carnes nobres, comida árabe, pizzas, hambúrgueres, acompanhamentos diversos e especiais, drinques clássicos e autorais e sobremesas.



Entre as opções de entrada, linguiça parrilleira (R$33) artesanal de charcutaria e a beterraba na prancha (R$39): feita na parrilla com queijo de cabra e pesto de amêndoas. Já entre os principais, destaque para o bife ancho (R$107,50): 350g do corte retirado da parte dianteira do contra-filé, uma carne que possui bastante marmoreio, sendo extremamente suculenta e macia; e o Short Rib (R$ 189,50 - 800g): acém com osso, um dos preferidos da atualidade, retirado da parte dianteira da costela.

Para acompanhar, que tal uma polenta cremosa e ragu de cordeiro defumado (R$ 64), saborizado e guisado por 6h, finalizado com hortelã; ou tagliatelle alla pomodoro (R$54) com delicioso molho de tomate cereja assado e cozido no vinho branco, finalizado com manjericão da horta, panko e parmesão? Essas são só algumas das sugestões de acompanhamento.

Se o seu estilo é saborear um bom prato enquanto degusta um excelente drinque, ou aproveitar a viagem com um divertido happy hour, a casa aposta em uma carta com clássicos e autorais. Entre as criações próprias, São Jorge (R$36): cachaça Seleta prata, xarope de capim santo do quintal e limão-Taiti; e o Mule do Cerrado (R$42): whiskey bourbon, xarope de mel, limão e espuma de mangaba.


“Esses dois drinques são uma homenagem para a Chapada dos Veadeiros. O primeiro é para a Vila de São Jorge, onde fica o Rústico e é a entrada do parque. Já o segundo é para exaltar o bioma tão encantador que é o Cerrado. São duas receitas que fazem bastante sucesso e que trazem sabores encantadores com frutos da região. Os turistas ficam apaixonados pelas bebidas”, conta a bartender Adriana Pino.


Sobre o Rústico


O Rústico Premium Grill é um dos principais spots da Chapada dos Veadeiros, na Vila de São Jorge e é especializada em carnes premiums e cortes nobres, além contar com rótulos de importantes produtores de vinho e uma carta de drinques assinada pelos melhores bartenders do Brasil, como Adriana Pino. 

O restaurante também concentra um palco, chamado de ‘nave’, que recebe festivais e shows de artistas locais e dos arredores, como Brasília e Goiânia. Em abril de 2022, foi um dos palcos do Festival Rock’n Blues.  


Eventos com chefs convidados já são tradição no Rústico, que já recebeu Jefferson Rueda, da Casa do Porco, de São Paulo, eleito o 7º melhor restaurante do mundo, e de nomes como os assadores Thiago De Roure e Mário Portella, além da Moema Machado, especialista em pães de fermentação natural, e Gabriel Lotufo, chef da Artesano Pizza e Pesto, em Goiânia.

Comentarios


bottom of page