top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Casacorba é o novo destino para viver o vinho brasileiro

Propriedade de 60 hectares na pequena Nova Roma do Sul, reúne vinhedos, canavial, olival, vinícola, alambique, lagar, wine bar, restaurante e cabanas, num novo empreendimento aberto a novas experiências

 


A novidade fica na Serra Gaúcha, numa cidade de apenas 3.500 habitantes, a 48 km do aeroporto de Caxias do Sul e a 150 km do de Porto Alegre. Numa propriedade de 60 hectares, em meio a vinhedos, canaviais e olivais, está o Complexo Enoturístico e Gastronômico Casacorba. Lá, nascem da terra vinhos, espumantes, destilados e azeite de oliva, que ganham uma experiência sensorial completa com um wine bar, um restaurante com menu assinado pelo chef Rodrigo Bellora e a espetacular Villa Casacorba, com sete charmosas cabanas ao redor de um lago abraçado por árvores nativas. Aberto ao público, o atrativo chega como novo destino para quem aprecia uma vivência completa longe dos grandes centros.

 

Fundada em 1999 pela família Tessaro, a Vinícola Casacorba foi criando novos produtos e atrativos e hoje é sinônimo da diversidade do que a terra entrega na taça e na mesa. Única no Brasil a reunir as culturas do vinho, do destilado e do azeite num único lugar, a empresa adotou em sua jovem existência a estratégia de se diferenciar. Assim, o que começou como uma vinícola logo deu espaço a um complexo enoturístico e gastronômico onde é possível comer, beber, rezar, passear e descansar. Integrando a Associação Passo do Vinho, o complexo é um local para quem busca exclusividade em torno de experiências que une vinho, gastronomia, hospedagem e natureza. O nome Casacorba é uma homenagem ao local de origem da Família Tessaro, que veio em 1888 da comuna de Vedelago, na Província de Treviso, Região do Vêneto, na Itália.

 


Para o Gestor do Complexo Enoturístico e Gastronômico Casacorba, Marcos Scatolin, colocar este projeto de pé é a realização de um propósito que vai muito além do que elaborar vinhos. “Este complexo nos desafia a ir além, com o dever de não apenas entregar qualidade em tudo o que fazemos, mas também de preservar e proteger este ambiente extraordinário que nos cerca, para que as gerações futuras possam desfrutar da mesma beleza que contemplamos hoje. Este é nosso desafio diário e convidamos todos a viver com a gente um pouco do que este universo dos sentidos proporciona”. Uma área construída de 4.100 m² foi necessária para abrigar todos os atrativos, além de um heliponto para pouso e decolagem de helicópteros. O projeto tem a assinatura da arquiteta Vanja Hertcert, especializada em Arquitetura do Vinho.

 


A Vinícola


A propriedade de 60 hectares tem 50%, ou seja, 30 hectares destinados exclusivamente ao cultivo da uva. São variedades tintas como a Tannat, Merlot, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Marselan, Malbec, Sangiovese e Pinot Noir, além das brancas Chardonnay, Moscato, Gewurztraminer e Riesling Itálico. De acordo com o enólogo Tiago Bergonzi, a produção anual alcançou em 2022 as 150 mil garrafas, sendo 50% de espumantes (75 mil), 40% (60 mil) de vinhos e 10% (15 mil) de suco de uva.

 


A vinícola tem uma estrutura moderna com 59 barricas de carvalho (francês e americano) e 49 tanques de aço inox, todos com controle de temperatura e capacidades que variam de 250 litros a 11 mil litros, além de seis autoclaves que totalizam 30 mil litros. Assim, a capacidade de armazenamento chega a 213 mil litros, o que representa 284 mil garrafas. “Aqui, todos os produtos são feitos com profundo senso do terroir, respeitando a identidade do local. Temos total controle, pois 100% das uvas que processamos são cultivadas em vinhedos próprios”, destaca. “Já sabemos no vinhedo o que queremos entregar em cada garrafa. Por isso, nos dedicamos o ano inteiro, dando atenção especial ao manejo do vinhedo. Nossa produção por hectare fica entre 6 e 8 mil quilos apenas, garantindo todo vigor e sanidade necessárias das uvas para que nossos vinhos e espumantes cheguem na mesa do consumidor surpreendendo a cada gole”, garante.

 


Toda força produtiva da vinícola está presente em 19 rótulos. No topo da pirâmide uma dupla nobre que reverencia o casal de imigrantes Vicenzo e Cândida Tessaro. Da icônica Safra 2020, Vicenzo é um vinho tinto resultado de um corte de 80% Tannat e 20% Merlot. Já o Cândida Espumante Tradicional é 100% Chardonnay. Na sequência, convergindo entre solo, clima e homem, a linha Casacorba Terroir com o Espumante Charmat Nature (180 dias), os tintos Tannat, Merlot, Cabernet Franc e Marselan e o branco Chardonnay. Para eternizar o amor em vinho, a linha Casacorba Expressões traz os tintos Merlot, Cabernet Sauvignon e Tannat, o branco Chardonnay e a Grappa elaborada com o bagaço da uva Tannat. Completando as opções em espumantes, o Brut Rosé, Brut Branco, Moscatel Rosé e Moscatel Branco. Por fim, o Casacorba Brandy 10 anos, elaborado a partir de um lote de vinhos de alta qualidade e o suco Casacorba. Os produtos podem ser encontrados no varejo e e-commerce da vinícola e em lojas especializadas.

 

Compromisso com a sustentabilidade


Todo complexo dispõe de uma matriz energética limpa e sustentável que provém de fontes renováveis obtida através de placas solares instaladas na propriedade. Além disso, toda água utilizada é captada da chuva, que fica armazenada em reservatório próprio, sendo utilizada sempre que não há necessidade de água tratada. Assim, a empresa contribui para a redução do consumo de água potável. A responsabilidade segue no tratamento de efluentes feito em estação própria, retornando à natureza sem causar prejuízos ao meio ambiente. O compromisso da Casacorba em contribuir para um mundo mais sustentável segue com a destinação correta de cada resíduo gerado em todos os processos. Parte dos resíduos sólidos da uva são devolvidos à natureza em forma de adubo.

 

Da vinícola ao alambique


Na Casacorba, a viagem pelo mundo dos sentidos vai além do mundo do vinho. O complexo conta com um Alambique onde são elaborados os derivados da uva brandy e grappa, e as cachaças, que nascem dos canaviais cultivados na propriedade. Todo trabalho é acompanhado de perto pelo Mestre Alambiqueiro, Doralino Santo Ditadi. Na destilaria, uma estrutura de três tanques de inox e 50 barricas (30 francês, 12 americano e 08 amburana). Além do brandy e da grappa, no local são elaboradas as cachaças Casacorba Dois Irmãos, Casacorba Amburana Premium, Casacorba Cachaça Funcho e Casacorba Cachaça Tradicional, todas com produção limitada de 240 a 480 garrafas.

 

Da taça à mesa


Do vinho e dos destilados o passeio segue para o Lagar de extração do azeite de oliva, outro produto da marca que também faz parte da propriedade, integrando o roteiro de visitação. Atualmente, a propriedade conta com 1.500 oliveiras das variedades Arbequina, Koroneiki e Arbosana. As primeiras mudas foram plantadas em 2012 e a produção do azeite teve seu início em 2018.

 

Um lugar, múltiplas experiências


Quem visita a Casacorba é recebido em uma ampla e moderna recepção projetada para inserir o turista no mundo das culturas do vinho, dos destilados e do azeite. O roteiro de visitação permite conhecer o processo de fabricação de cada produto. Isso sem contar na possibilidade de caminhar entre vinhedos, canaviais e olivais. Da visita orientada à degustação, a experiência se completa no wine bar, harmonizando cada vinho e espumante com acompanhamentos que valorizam aromas e sabores. No restaurante de cozinha contemporânea, com capacidade para até 60 pessoas, a proposta combina o melhor de dois mundos: a alta gastronomia com a excelência dos melhores vinhos, espumantes e destilados Casacorba. E para quem busca um espaço exclusivo para eventos, o empreendimento oferece um ambiente para 120 pessoas. Uma   capela de pedra, com sino para celebrações especiais, integra o complexo. Nela, imagens do Sagrado Coração de Jesus, Santa Bárbara e São Roque evocam a fé e a religiosidade da Família Tessaro.

 


Um restaurante para celebrar os bons momentos


O Restaurante Casacorba é um convite ao prazer da boa mesa. São 17 opções, entre snacks, entradas, primeiro prato, prato principal e sobremesa, todos assinados pelo reconhecido chef Rodrigo Bellora, que valoriza produtos regionais seguindo o conceito de cozinha de natureza. O menu viaja por um mundo de aromas e sabores que contemplam os mais variados paladares. De bruschettas com cogumelos frescos, passando por arancinis e empanadas, também é possível petiscar chips de urtigão e conhecer a charcutaria e queijos gaúchos. Como entrada, o menu apresenta Burrata Serrana, Beterrabas e Girassol ou a Salada do Imigrante, todos com frutas, legumes e verduras cultivados na região. Uma seleção para o Primeiro Prato indica três opções do chef, que são: o Agnolotti de queijo gaúcho, o Espaguete Bolonhês e o Risoto da Colônia. Para o Prato Principal, Braciola e Patate (filé de costela com batatas assadas e chimichurri de alho tostado), Porco Gris e Spaetzle (costelas de porco com roti de araçá vermelho, salada de repolho e spaetzle) e Costini di Manzo alla Griglia (costela bovina laqueada e tortéi com manteiga e sálvia). A experiência gastronômica encerra com Rabanada, Paçoca ou Strudel como sobremesa.

 

A Villa Casacorba


Como forma de homenagear a história da Família Tessaro, o projeto da Casacorba foi muito além de uma vinícola, contemplando, inclusive, a hospedagem com uma proposta totalmente exclusiva que beneficia toda a região, incrementando o turismo. Assinado pela arquiteta Michèle Evangelista, o conjunto de sete cabanas, uma diferente da outra, batizadas com o nome das províncias que compõem a região italiana, celebra o respeito às experiências vividas por aqueles que chegaram aqui em 1888, além de firmar responsabilidade com o presente e para que as futuras gerações possam contar a história da Casacorba do Vêneto e da Casacorba de Nova Roma do Sul. Belluno, Pádova, Rovigo, Treviso, Venezia, Verona e Vicenza foram construídas ao redor de um lago, permitindo ao hóspede estar conectado com a natureza do local. Cada cabana ganhou uma obra exclusiva da artista Martina Tessaro, feita especialmente para a Villa Casacorba. A poetisa e estudante de Design Gráfico na Escola Britânica de Artes Criativas e Tecnologia, eternizou em sete telas atrações de cada uma das cidades italianas.

 

 

AS EXPERIÊNCIAS NA VINÍCOLA CASACORBA

 

Experiência Ícones

Passeio pela propriedade, visita à vinícola, à destilaria e ao lagar de azeite. Degustação de seis rótulos contendo ícones Casacorba, conduzida pelo enólogo-chefe Tiago Bergonzi. Acompanhamentos: grissini, focaccia e azeite.

Quando: Sob consulta e com reserva antecipada.

Duração: 2 horas

Presente: Taça de cristal personalizada

Valor: R$ 250

Mínimo de 4 e máximo de 10 participantes

Contato pelo WhatsApp: (54) 3771.4030

 

Experiência Terroir

Visita à vinícola, à destilaria, ao lagar de azeite e aos vinhedos. Degustação de cinco vinhos e/ou espumantes e um destilado, contemplando produtos com estágio em barricas de carvalho.

Quando: Diariamente, às 10h mediante reserva antecipada.

Duração: 1h30min

Presente: Taça de cristal personalizada

Valor: R$ 95

Contato pelo WhatsApp: (54) 3771.4030

 

Experiência Expressões

Visita à vinícola, à destilaria e ao lagar de azeite. Degustação de quatro rótulos de vinhos e espumantes.

Quando:  Diariamente, às 11h30min e às 14 horas, mediante reserva antecipada.

Duração: 1h

Presente: Taça de cristal personalizada

Valor: R$ 65

Contato pelo WhatsApp: (54) 3771.4030

 

Nos sábados e domingos, reserve sua mesa para almoço.

 

 

SERVIÇO CASACORBA


Horário: Diariamente, das 9h30min às 17h

Loja de Vinhos: Diariamente, das 9h30min às 17h

Visitação: Diariamente, às 10h e às 14h, mediante agendamento prévio.

Restaurante:  Almoço aos sábados, domingos e feriados, sob reserva, a partir das 12h.

Jantar nas sextas e sábados, sob consulta.

Grupos e Confrarias: Sob consulta.

Wine Bar: Sábados, Domingos e Feriados: das 14h às 18h.


Eventos: Prévio agendamento.

Fone/WhatsApp: (54) 3771.4030

Instagram: @vinicolacasacorba

Facebook: Casacorba Vinhos e Espumantes

 

 

LINHA DO TEMPO CASACORBA


1999 – Nasce a vinícola, chamada Casacorba, em homenagem à terra natal da Família Tessaro, que migrou para o Brasil, estabelecendo-se em Nova Roma do Sul, em 1888. A elaboração inicial estava focada em vinhos.

2010 - Investimento na Destilaria, para elaboração de diferentes destilados. Inicialmente, com produção de brandy e cachaças especiais. 

2012 – Plantio de 3 hectares de oliveiras.

2015 – Inicia a elaboração de espumantes pelo método Charmat, com investimentos em equipamentos de primeira linha.

2016 – Investimentos em equipamentos para elaboração de suco de uva puro.

2018 – Posicionamento da vinícola e lançamentos de diversos produtos.

2019 – Investimento em equipamentos para elaboração de espumantes pelo Método Tradicional. 

2021 – Investimento no Lagar para elaboração de azeite de oliva.

2022 – Reposicionamento da marca, com mudança dos rótulos e diversos lançamentos, entre eles os ícones Vicenzo e Cândida em homenagem ao patriarca e à matriarca da família, imigrantes italianos, que chegaram ao Brasil em 1888, Casacorba Brandy 10 Anos e Cachaça 2 Irmãos.

2023 – Inauguração do Complexo Enoturístico e Gastronômico Casacorba

 

Créditos fotos:


Alba Arte / Dandy Marchetti (Estrutura e cabanas)

Marcos Moreira (Restaurante, Wine Bar e pratos)

Otherside Fotografia / Bruno Marconi (Outras)

 

bottom of page