• Viviane Campos

BRAZIL WINE CHALLENGE 905 amostras avaliadas por 76 especialistas de oito países


Recorde histórico marca 11ª edição que acontece de 7 a 10 de junho em Bento Gonçalves com a chancela da Organização Internacional da Vinha e do Vinho



Ainda maior, o Brazil Wine Challenge quase rompeu a barreira das mil amostras. O aumento de 17,3% em relação a edição de 2020 mostra a consolidação do concurso, considerado um dos mais importantes das Américas. As 905 amostras de 16 países serão avaliadas por um júri altamente qualificado formado por 76 degustadores, sendo nove presidentes de júri. São principalmente enólogos, além de sommeliers, bioquímicos, especialistas em vinhos, engenheiros agrônomos, biotecnólogos e jornalistas especializados da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Espanha, França, Portugal e Uruguai. Promovido pela Associação Brasileira de Enologia (ABE), este é o único concurso internacional de vinhos do país com a chancela da mais importante instituição mundial do setor, a Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV). A dinâmica das degustações segue normas internacionais. Às cegas, as provas serão realizadas no Centro Empresarial de Bento Gonçalves – Capital Brasileira do Vinho. Serão servidas 68.100 taças em três dias de degustações, totalizando 12 horas de análise, uma verdadeira maratona técnica que coloca visão, olfato e paladar em ação, além do conhecimento. O resultado será conhecido no dia 10. Os vinhos e espumantes inscritos vêm da África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Áustria, Bolívia, Brasil, Chile, Eslováquia, Espanha, França, Grécia, Itália, México, Portugal e Uruguai. O Presidente da ABE, Enólogo André Gasperin, acredita que esta edição chega no melhor momento vivido pelo vinho no Brasil. “Estamos perto de atingir o consumo per capita de 3 litros, o que demonstra que os brasileiros estão degustando mais vinho. E o Brazil Wine Challenge é uma importante vitrine para quem aposta neste mercado. Nossa expectativa é que a qualidade supere o histórico do evento, assim como aconteceu com o número de amostras inscritas”, conclui. RETROSPECTIVA BRAZIL WINE CHALLENGE 2002 – 408 amostras de 11 países 2004 – 401 amostras de 11 países 2006 – 420 amostras de 13 países 2008 – 411 amostras de 13 países 2010 – 459 amostras de 15 países 2012 – 503 amostras de 17 países 2014 – 709 amostras de 18 países 2016 – 623 amostras de 17 países 2018 – 611 amostras de 14 países 2020 – 774 amostras de 16 países 2022 – 908 amostras de 16 países


Fotos: divulgaç