top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Bem-Estar animal como valor agregado na ceia de Natal

Saiba quais são as marcas comprometidas e transparentes com práticas sustentáveis de bem-estar de suínos e promova uma ceia de final de ano mais consciente e responsável.

Foto: divulgação


As festas de fim de ano estão se aproximando, e com elas a atenção redobrada para a origem dos produtos que chegam à mesa. Nesse contexto, a Alianima, organização sem fins lucrativos de proteção animal, destaca a importância de se preocupar também com a qualidade ética dos alimentos, com as práticas sustentáveis na suinocultura, um setor crucial para a celebração de ocasiões como Natal e Ano Novo.


Preocupação com o Bem-Estar Animal na Suinocultura

A suinocultura no Brasil é um destaque global, ocupando a quarta posição entre os maiores produtores e exportadores de carne suína do mundo. Entretanto, o crescimento do setor traz consigo desafios éticos, ambientais e de Saúde Única. A Alianima ressalta a necessidade de as grandes empresas do ramo adotarem práticas sustentáveis para garantir o bem-estar animal.

Patrycia Sato, médica veterinária e diretora técnica da Alianima, enfatiza: "Os consumidores estão cada vez mais conscientes e preocupados em relação aos produtos que compram e consomem em suas refeições, exigindo transparência por parte da indústria em relação ao tratamento concedido aos animais."


Observatório Suíno 2023 - Compromisso com a Sustentabilidade e Ranking de Transparência


Recentemente, a Alianima lançou a 4ª edição do Observatório Suíno, um relatório anual que monitora a evolução das grandes empresas comprometidas publicamente em implementar práticas sustentáveis para o bem-estar animal na suinocultura. Neste ano, 29 empresas foram contatadas, sendo 7 fornecedores e 22 clientes, incluindo restaurantes e varejistas.

O relatório revelou um aumento significativo de 26,1% em relação às empresas abordadas em 2022, refletindo um comprometimento corporativo mais sério com o tema. Entre os fornecedores que participaram estão Alegra Foods, Aurora Coop, BRF S.A. (Sadia e Perdigão), Seara (JBS), e Pamplona Alimentos S.A.

Além disso, nesta edição, o Observatório Suíno destacou, em um ranking, as empresas de acordo com o seu nível de transparência quanto à evolução da implementação do seu compromisso. Dentre os fornecedores, enquanto a Alegra Foods, BRF S.A. (Sadia e Perdigão), Seara (JBS), e Pamplona Alimentos S.A assumem a maior pontuação, a Pif Paf se posiciona em último por nunca ter respondido o questionário ou divulgado publicamente seu progresso.


Avanços na Transição para o Fim das Celas de Gestação


Destaca-se no relatório o avanço na transição para o fim das celas de gestação, especialmente entre os fornecedores de carne suína. O setor respondeu positivamente, mesmo enfrentando desafios apontados pelo Observatório Suíno. A Alianima destaca que esse avanço é crucial, tanto pelos requisitos advindos de organizações animalistas quanto pela Instrução Normativa nº 113 (IN 113/2020), em vigor desde 2021.


Conscientização sobre a Resistência Antimicrobiana na Suinocultura


Outro ponto crítico abordado é o uso de antimicrobianos na criação de suínos. A suinocultura, por ser o setor que mais utiliza medicamentos antimicrobianos, acelera a resistência desses agentes. O relatório destaca avanços de empresas como Arcos Dorados, Dídio Pizza, e Marfrig, que passaram a exigir o fim do uso não terapêutico desses medicamentos.

A Alianima reforça a necessidade de os consumidores, fornecedores e empresas agirem de maneira conjunta para garantir práticas sustentáveis na suinocultura, contribuindo para um Natal e Ano Novo mais éticos e responsáveis.


Confira o material completo da 4ª Edição do Observatório Suíno pela landing page http://observatoriosuino.com.br/


Sobre a Alianima


A Alianima é uma organização sem fins lucrativos que trabalha em estreita colaboração com líderes da indústria alimentícia para identificar e abordar os principais desafios enfrentados pela cadeia de produção animal. A ong oferece parcerias, consultorias e suporte técnico gratuito às empresas comprometidas em melhorar as condições de vida dos animais, auxiliando na implementação de práticas sustentáveis e de bem-estar animal.


Contam com uma equipe técnica especializada, que fundamenta todas as suas ações e materiais em dados técnico-científicos. O objetivo é fomentar uma indústria mais atenta e preocupada com o sofrimento animal e um consumidor mais informado sobre a origem de seus alimentos, incentivando um consumo crítico e consciente.


Saiba mais sobre a atuação da organização em alianima.org

bottom of page