top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

Ana Maria Braga apadrinha ação social da Padaria Brasileira


No mês do Dia das Crianças, apresentadora está à frente da campanha 'Alimente esse Sonho', que beneficia projetos da Apae Santo André



O mês de outubro vem recheado de sabor, solidariedade e muitos sonhos realizados. O período marca o lançamento da campanha “Alimente esse Sonho”, que neste ano traz como madrinha da ação a apresentadora Ana Maria Braga. Realizada pela Padaria Brasileira em parceria com a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) Santo André, a ação consiste em dedicar parte das vendas de sonhos para o projeto que melhora a vida e desenvolve as habilidades cotidianas dos assistidos pela instituição. 


A campanha funciona da seguinte maneira: até o dia 15 de outubro, a rede vai disponibilizar vouchers no valor de 20 reais, que dão direito a um pacote de sonho, que pode ser trocado em qualquer unidade da Padaria Brasileira, no ABC Paulista. E na segunda etapa, que vai até o fim do mês, além de ocorrer a troca de vouchers, também será destinado para a Apae Santo André parte da quantia de todo pacote de sonho que for vendido no período. Todas as unidades da padaria comercializam o voucher da 12ª edição, que dá direito ao doce mais tradicional da rede (com recheio de creme, doce de leite e creme de avelã).  

“O objetivo (da ação) é muito inspirador e tenho certeza de que todas as pessoas participantes validam essa iniciativa. Conto com cada um para que essa campanha seja mais que especial e haja engajamento de toda a região”, diz Ana Maria Braga, que assumiu o posto de madrinha da campanha a convite de sua assessora de imprensa, Silvia Pacolla.


A escolha do produto “sonho” surgiu no primeiro ano da campanha, por ser um dos itens mais comercializados por toda a rede. “A meta deste ano é acumular em recursos 150 mil reais para serem repassados a Associação. Essa quantia traz mudanças na vida de quem faz parte da instituição, por isso a seriedade do projeto do início ao fim”, avalia Henrique Afonso Júnior, diretor da Padaria Brasileira.


A Apae Santo André, sem fins lucrativos, completou no mês passado 60 anos e presta assistência a portadores de deficiência intelectual e múltipla, assim como a seus familiares e tutores, buscando promover amparo e inclusão. 


História – Em conjunto com a campanha, a Padaria Brasileira inaugura em outubro exposição pelos seus setenta anos. As fotos e artigos antigos podem ser apreciados pelos frequentadores na Loja Vila (Rua Regente Feijó, 325, Vila Assunção, Santo André), gratuitamente. A primeira unidade, atual matriz, situada na tradicional Rua Santo André, foi adquirida em 1953, quando era um pequeno estabelecimento. A unidade nunca deixou de abrir e sempre funcionou durante os 365 dias de cada ano. 


“Meus avós adquiriram a padaria, depois meus pais e tios. Nós, eu, minha irmã e quatro primos, da terceira geração, passamos a tocar os negócios em 1998, quando havia apenas uma unidade. Logo no primeiro ano, abrimos a primeira filial, na época no Mappin ABC, atual Shopping ABC”, explica o diretor da rede.


Segundo ele, a Padaria Brasileira teve dois momentos importantes e marcantes. Em 1977, há praticamente 50 anos, foi a primeira padaria a abolir a venda de bebida alcoólica. O segundo grande momento foi em 1992, quando a Brasileira se tornou a primeira padaria a ser informatizada no Brasil e implantou o autosserviço, uma inovação importante que alavancou a venda de muitos produtos de fabricação própria, em especial docinhos, biscoitos e frios fatiados. 


Além das grandes ações e marcos, a Padaria Brasileira conquistou o coração dos munícipes do Grande ABC e tem atraído cada vez mais os olhares de pessoas de outras localidades devido à qualidade de seus produtos – sua marca registrada. Não à toa, a coxinha de massa crocante por fora, macia e suculenta por dentro, foi premiada neste ano como a melhor do mundo, pelo site internacional Taste Atlas - está no ranking entre as 100 melhores comidas de rua, na 33ª posição. 


A rede soma aos longos dos 70 anos nove unidades, que contam com mix de produtos, entre pães, bolos, doces, sopas, rotisserie e sorvetes. “O sonho de expansão não para e nesta lista está o projeto de franquia, para que a marca voe ainda mais longe, sempre norteados em pilares de excelência construídos durante essas décadas”, finaliza Junior.


Em homenagem aos 70 anos comemorados, a Padaria Brasileira será saudada na Sessão Solene da Câmara Municipal de Santo André, no dia 10 de outubro, às 19h. O requerimento foi feito pelo vereador Lucas Zacarias, que destacou em documento, a importância da marca para a cidade.


Foto : divulgação

コメント


bottom of page