top of page
  • Foto do escritorViviane Campos

31ª Expotchê - Juntos pelo Sul: Expositores de mais de 40 municípios gaúchos se superaram em meio à maior crise do estado e participam do evento que acontece em Brasília de 07 a 16/06

Evento terá ações de apoio ao artesanato e turismo do RS, arrecadação de doações para os desabrigados e ingresso solidário que dá direito à meia-entrada. Além de estandes e espaços temáticos, a Expotchê destaca atrações como Nenhum de Nós, Chimarruts, Elton Saldanha, Grupo Tholl, Grupo Ana Terra, Overdriver Duo, Gurias Gaúchas e apresentações de projeção folclórica

 

 


Pela 31ª vez, a Expotchê movimentará a capital do país com a cultura, tradição e pujança do Rio Grande do Sul (RS). Por força das circunstâncias seria razoável cancelar ou adiar a edição 2024, mas o consenso, mais do que nunca, é de ser necessário seguir em frente. Assim, em meio a maior tragédia vivida pelo estado com enchentes devastadoras, o povo gaúcho dá demonstração do quanto é trabalhador, guerreiro e participativo. Diante de tamanha determinação dos parceiros riograndenses em aproveitar oportunidades de negócios e fazer a roda girar, não resta dúvida: a reconstrução do estado está em marcha. De 07 a 16 de junho, direto do Pavilhão do Parque da Cidade, vem aí uma inesquecível edição da Expotchê.Realizada pela Rome Eventos, ininterruptamente, desde 1992, a Expotchê é sempre sucesso de público, e este ano a expectativa é de uma visitação ainda mais expressiva, considerando a solidariedade manifestada pelos brasileiros ao povo gaúcho nestes tempos desafiadores. Segundo Rômulo Mendonça, diretor-geral da Rome Eventos, são esperadas cerca de 150 mil pessoas em 10 dias.


Tem sido impressionante ver a energia que os nossos amigos gaúchos estão empregando na participação do evento. Da nossa parte, estamos focados em colaborar da melhor forma e somar esforços nesse período de retomada”, afirma. E para estimular ainda mais a presença do público, um dos atrativos da edição é a opção do ingresso solidário, que garante meia entrada mediante comprovação de doação a partir de R$ 5 reais ao pix oficial da campanha orientada pelo governo do RS.Os estandes, distribuídos em 17 mil m², reunirão o melhor da produção do estado, englobando segmentos como agroindústria familiar, artesanato, turismo e comércio. Na ala destinada agroindústria familiar, que recebe apoio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e Federação das Agroindústrias do RS (FETAG) para participar do evento, o público encontrará produtos como vinho, cachaça, mel, embutidos, queijos, doces, erva-mate, orgânicos, artesanato em lã, entre outros.Serão cerca de 40 municípios representados na Expotchê, sendo 24 deles ligados à agroindústria: Nova Bassano, Soledade, Harmonia, Caibate, Santa Tereza, Poço das Antas, Venâncio Aires, Paraí, Bento Gonçalves, Bagé, Estrela, Varanópolis, Passo do Sobrado, Teutônia, Ilópolis, São Lourenço do Sul, Nova Roma do Sul, Três de Maio, Vera Cruz, Garibaldi, Colorado, Farroupilha, Dois Lajeado e Vista Gaúcha. “O Rio Grande do Sul consolidou a valorização da Agricultura Familiar e a agroindustrialização fortalece este conceito promovendo renda, fixação da família na propriedade e estimula a sucessão familiar na propriedade”, considera Ronaldo Santini, presidente da SDR.


Para uma melhor experiência de compras e lazer, a Expotchê conta com um layout e cenografia envolventes, que convidam o visitante a passar horas no local. Segmentam o espaço de grandes proporções, áreas temáticas como a Tchê Bier—com sua carreta de chopp—, Praça do ChocolatePraça do Vinho e, para tranquilidade dos pais e alegria dos pequenos, uma ampla brinquedoteca e uma fazendinha com animais de pequeno porte. A praça de alimentação é uma atração à parte, com bares e restaurantes servindo delícias da culinária gaúcha como churrasco, arroz de carreteiro, chuleta na brasa, choripan, além de crepes, pastéis, espetinhos, cervejas e chopp de vinho.

 

AÇÕES SOLIDÁRIAS


Um dos destaques da Expotchê será uma ilha de 126 m² cedida pela Rome Eventos para que cerca de 100 artesãos-- 15 deles presentes ao evento— comercializem suas produções. O grande parceiro nessa ação é o Programa do Artesanato Brasileiro (PAB)/Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (MEMP) do Governo Federal, que custeia a viagem, hospedagem, alimentação do grupo e presta o suporte necessário para que esses artistas participem da exposição. “Nesse momento delicado que vive o Rio Grande do Sul, é de extrema importância que os artesãos tenham onde escoar sua produção, gerando, além de renda, oportunidade de novos negócios”, defende Elizabete Bacelar, diretora do PAB.

 

Importante ativo do estado, o turismo do Rio Grande do Sul, mesmo que muitos roteiros não tenham sido atingidos, diretamente, sofre as consequências da tragédia. Por isso, o setor merecerá atenção especial. A Secretaria de Estado de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) se dispôs a atuar em benefício da Secretaria de Turismo do Rio Grande do Sul (Setur-RS), divulgando campanhas como “Não cancele, remarque”. Através da chamada “Abrace, sinta e viva o Rio Grande do Sul” lançada pelo RS, também serão divulgados roteiros como o “Inverno nos Pampas”, “Caminho das Águas Termais” e “Vindima 2025”. 

 

A Expotchê ainda servirá de ponto de coleta para doações destinadas ao povo gaúcho. Em consulta à Secretaria de Defesa Civil do RS, ficou definido que, neste momento, são muito bem-vindas roupas íntimas novas e cestas básicas. Do Distrito Federal, o gabinete da primeira-dama Mayara Noronha disponibilizará pessoal para manuseio das doações e se encarregará também do transporte, caso necessário.

 

ATRAÇÕES CULTURAIS

Para um público diverso, uma programação eclética. Entre as atrações estão bandas e artistas gaúchos como Nenhum de Nós, Elton SaldanhaOverdriver DuoChimarruts e Gurias Gaúchas. De Brasília, estarão Bruno Z, acompanhado de músicos da cidade e do RS, e grupos musicais de gaúchos que residem no DF. E isso para ficar apenas na música... Na parte dos espetáculos estão o Grupo Tholl, de arte circense, e o Grupo Ana Terra, de projeção folclórica. Os Centros de Tradição Gaúcha (CTGs) são presença garantida, com suas performances vibrantes e trajes típicos, que convidam a plateia a viajar no tempo, pelos costumes, folclore e valores dos gaúchos.

 

Os artistas temiam reviver a insegurança da pandemia, quando as oportunidades de trabalho escassearam. Para eles, subir ao palco e mostrar sua cultura tem um significado ainda maior neste momento. É uma emoção muito grande que o público, certamente, vai sentir com a gente”, revela Leda Simone, diretora-executiva da Rome Eventos.

 

Em comemoração ao Bicentenário da Imigração Alemã (julho/2024), que começou no Brasil, justamente, pela cidade de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, o evento, em uma parceria com a Embaixada da Alemanha, receberá a exposição “Jornada para o Brasil: História das migrações de povos de língua alemã”. Desenvolvida pelo Prof. Dr. Martin N. Dreher, membro do Instituto Histórico de São Leopoldo, e pela escritora Erny Mügge, da editora Oikos, e realizada pelo Instituto Martius-Staden, a mostra traz fotos e registros históricos que abordam mais um importante capítulo na formação identitária do povo riograndense.

 

BANDAS, GRUPOS E ARTISTAS

Nenhum de Nós (Porto Alegre/RS)

Com 37 anos de carreira o Nenhum de Nós superou, mais de 2.350 shows, 17 álbuns, 03 DVDs e 02 EPs, a banda possui reconhecimento de crítica, muito prêmios e uma legião de fãs. Em abril de 2024 recebeu o primeiro Disco de Diamante (mais de 150 milhões de execuções no streaming) pelo álbum “A Céu Aberto”. Um de seus hits, “Camila, Camila”, sempre cantado em uníssono no evento, é quase um hino da Expotchê.

 

Overdriver Duo (Novo Hamburgo/RS)

Liderada pelo casal Evandro Tiburski e Fabi Terada, a Overdriver Duo desembarca com a turnê que já passou por 15 países e 3 continentes, na Expothê. “O amor é a resposta” impressiona com uma performance eletrizante que mistura elementos do pop, rock e eletrônico, passando por hits nacionais e internacionais dos anos 80 para a atualidade.

 

Gurias Gaúchas (Porto Alegre/RS)

A gaiteira Adriana de Los Santos e a baixista e cantora Ariane Motta participaram das bandas Só Gurias e As Bahgualadas e, em 2012, fundaram o Gurias Gaúchas. Além do belíssimo trabalho vocal e instrumental, o projeto se diferencia por ser uma banda em que mulheres se apresentam com bota e bombacha. O show exalta a música cultural do Rio Grande do Sul de forma livre, com o toque e a força femininos.

 

Elton Saldanha (Porto Alegre/RS)

Cantor e compositor brasileiro, Elton Saldanha é um dos expoentes da música regional gaúcha. Também jornalista e ator, em todas as atividades foi um porta-voz de sua cultura. Entre seus maiores sucessos estão: “Eu Sou do Sul”, “Castelhana”, “Canta Catarina”, “Cardeais”, “Hino dos Cavaleiros da Paz”, “Ronda de Tropa” e “Pé na Estrada”. 

 

Grupo Ana Terra (São Franscisco de Paula/RS)

Fundado em 1998 com inspiração na heroína do romance “O Tempo e o Vento”, de Érico Veríssimo, o grupo de projeção folclórica Ana Terra é reconhecido pelas performances de dança que celebram as tradições gaúchas. A qualidade técnica da companhia, somada à temática histórica na concepção de seus espetáculos, fazem das apresentações grupo experiências inesquecíveis.

 

Grupo Tholl (Pelotas/RS)

Patrimônio Cultural do RS, o grupo foi criado em 1987 e 2002, realizou uma montagem completa, enquadrada na linguagem do "novo circo". Sem picadeiro e sem lona, surgia o "Tholl, Imagem e Sonho”. No repertório de espetáculos estão "Exotique", "O Circo de Bonecos", "Par ou Ímpar", com Kleiton & Kledir, e "Cirquin".  A trupe recebe apoio da Secretaria da Cultura do Rio Grande do Sul para participar da Expotchê.

 

Bruno Z (Brasília/DF)

Completando 20 anos de carreira, o cantor Bruno Z preparou uma apresentação com repertório de clássicos dos grandes nomes do Rock no Rio Grande do Sul. Entre os homenageados estão Wander Wildner, Bidê ou Balde, Cidadão Quem, Frank Jorge, Graforréia Xilarmônica, Cachorro Grande, Engenheiros do Hawaii, Nenhum de Nós, Júpiter Maçã, TNT, entre outros.

 

ACESSIBILIDADE, SUSTENTABILIDADE, INCLUSÃO E LEGADOS


A Expotchê é reconhecida como uma importante plataforma indutora de impactos socioambientais positivos. A cada edição incrementa o seu plano de Sustentabilidade e amplia, a partir do Rome Cidadania, a colaboração com vários agentes e entidades sociais, como a Abrace, ONG Vida Positiva e Associação dos Deficientes Visuais.  

Nesse sentido, é valioso o apoio recebido da Secretaria de Estado da Mulher do Distrito Federal, que disponibilizará em seu estande material informativo sobre a Rede de Proteção à Mulher do DF e demais projetos, além de marcar presença com artesãs e manualistas comercializando seus produtos. A participação converge com a ação desenvolvida com Subsecretaria de Apoio a Vítimas de Violência (SUBAV), da Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania do Distrito Federal, que apresentará iniciativas sobre esta pauta, abrangendo treinamento de fornecedores, espaço de comercialização dos produtos do Projeto Banco de Talentos e campanha de sensibilização e orientação ao público.

 

Entre os compromissos do evento estão: carbono zero, com gerenciamento seletivo dos resíduos rumo ao lixo zero; qualificação profissional da cadeia produtiva de eventos; campanha de educação para a sustentabilidade; redução das desigualdades com inclusão produtiva de jovens, pessoas com deficiência, LGBTQIA+; fortalecimento da economia local com contratações de empreendedores locais; 100% das contratações de fornecedores de micro e pequenas empresas; uso prioritário de iluminação de LED (redução de até 80% na energia elétrica); medidas de saúde e bem-estar para os colaboradores; inclusão de deficientes visuais na oferta de serviços ao púbico, como a massagem expressa.

 

As instalações do Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, que abriga o evento, proporcionam acesso facilitado a todos, em acordo com a legislação. Nos shows há área reservada a cadeirantes, idosos e portadores de necessidades especiais e, para circulação no evento, disponibilidade de cadeiras de rodas. Os corredores são amplos, sem elevações ou obstáculos que dificultem a circulação de cadeiras de rodas ou o caminhar de pessoas com dificuldade de locomoção. 

 

SOBRE O EVENTO

Ao longo de mais de três décadas, a Expotchê se consolidou como um espaço de promoção de lazer e cultura não apenas para a população do Distrito Federal e Entorno, mas para turistas de outros estados e público estrangeiro, principalmente o da comunidade diplomática residente na capital do país. Mais que compras e entretenimento cultural, a Expotchê permite uma aproximação maior com este povo tão singular que é o gaúcho.

 

A Expotchê aconteceu pela primeira vez em 1992 e é o evento mais antigo do Calendário Oficial de Eventos do Distrito Federal, conforme publicação no Diário Oficial do DF, Lei nº 3.622, de 18 de julho de 2005.

 

Realizada pela Rome Eventos, conta com o apoio das Secretarias de Desenvolvimento Econômico, do Turismo, da Cultura e do Desenvolvimento Rural (SDR) do Governo do Rio Grande do Sul, da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul; das Secretarias de Esporte e do Turismo e da Mulher do Governo do Distrito Federal e do Programa do Artesanato Brasileiro – PAB/Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte do Governo Federal. 

 

PROGRAMAÇÃO CULTURAL

 

7 de junho (sexta-feira)

17h Grupo de dança do CTG Sinuelo da Saudade (DF)

19h Solenidade oficial de abertura

20h Grupo circense Tholl (RS)

21h Cantor Elton Saldanha (RS)

 

8 de junho (sábado)

15h Grupo circense Tholl (RS)

17h Grupo de dança do CTG Estância Gaúcha do Planalto (DF)

19h Grupo circense Tholl (RS)

21h Banda Overdriver Duo (RS)

 

9 de junho (domingo)

13h Grupo de dança do CTG Sinuelo da Saudade (DF)

15h Grupo circense Tholl (RS)

17h Grupo de dança do CTG Sinuelo da Saudade (DF)

19h Grupo circense Tholl (RS)

 

10 de junho (segunda-feira)

19h Grupo circense Tholl (RS)

20h Grupo de dança do CTG Sinuelo da Saudade (DF)

21h Grupo Cancioneiros do Planalto (DF)

 

11 de junho (terça-feira)

19h Grupo circense Tholl (RS)

20h Grupo de dança do CTG Querência de Valparaíso de Goiás (GO)

21 Tributo ao Rock Gaúcho (DF/RS)

 

12 de junho (quarta-feira)

19h The Allpargatas/Le Farfalle (DF/RS)

20h Grupo de projeção folclórica Ana Terra (RS)

21h Banda Nenhum de Nós (RS)

 

13 de junho (quinta-feira)

19h The Allpargatas/Le Farfalle (DF/RS)

20h Grupo de projeção folclórica Ana Terra (RS)

21h Banda Chimarruts (RS)

 

14 de junho (sexta-feira)

19h Grupo de projeção folclórica Ana Terra (RS)

20h Couro e Cordas (DF/RS)

21h Banda Gurias Gaúchas – Espetáculo Elas cantam o Rio Grande (RS)

 

15 de junho (sábado)

15h Grupo de projeção folclórica Ana Terra (RS)

20h Grupo de projeção folclórica Ana Terra (RS)

21h Banda Gurias Gaúchas- Show Baile das Gurias (RS)

 

16 de junho (domingo)

12h Grupo de projeção folclórica Ana Terra (RS)

17h Grupo de Dança CTG Estância Gaúcha do Planalto (DF)

 

 

SERVIÇO

31ª Expotchê

Data: de 07 a 16 de junho

Local: Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade

De segunda à sexta: das 16h às 23h (entrada gratuita das 16 às 17h)

Sábado e domingo: das 11h às 23h 

Ingresso: R$20 (meia-entrada e ingresso solidário)

Pessoas com deficiência: acesso gratuito (acompanhante paga meia-entrada)

Indicação: livre

*comprovante de doação feita a qualquer momento de um mínimo de R$ 5 ao pix oficial de doações (Banrisul), dá direito à meia-entrada

Adquira o seu ingresso aqui ou na bilheteria do evento

 

Comments


bottom of page